O que fazer em um carro antes de colocá-lo à venda

Criamos um guia com um passo a passo de como valorizar seu automóvel antes de anunciá-lo na Webmotors

  1. Home
  2. Bolso
  3. O que fazer em um carro antes de colocá-lo à venda
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Chegou a hora de trocar de carro, por vontade ou necessidade. Você já sabe: quer vender o carro? A Webmotors é o melhor caminho para você criar um anúncio e esperar por rápidas respostas e ofertas.

Mas até para fazer isso existe um caminho mais fácil. Fizemos uma lista prática com cinco coisas que você precisa fazer em seu carro antes de criar a oferta. Acredite, suas chances de vender o veículo de forma rápida e mais rentável podem aumentar consideravelmente.

Worker Cleaning Car Dashboard
icon photo
Legenda: Deixar o carro brilhando é uma das boas ideias na hora de vender um automóvel
Crédito: iStock

1. Tire os amassadinhos

A primeira coisa a se fazer é dar uma olhada na lataria do carro. Aqueles eventuais amassadinhos que acontecem durante manobras ou balizas podem ser corrigidos bem facilmente em oficinas particulares e de bairro, popularmente conhecidas como funilaria artesanal ou "martelinho de ouro". Também é uma boa ideia dar uma olhada no estado das rodas e dos pneus.

O serviço não é caro para ser feito, a não ser que a parte danificada do veículo precise de um grande reparo e nova pintura. Nesse caso, melhor deixar o conserto de lado e assumir o problema no anúncio.

2. Lave e aspire o carro

Depois de se livrar dos amassadinhos da lataria, leve seu carro a um lava-rápido e peça pela higienização completa, com direito a aspiração de cabine e banho de cera. Um bom serviço com tudo isso incluso deve custar cerca de R$ 50.

Acredite, quando você for buscar, a sensação vai ser a de pegar outro veículo que não seja o seu próprio. Muitos desses locais de lavagem e limpeza ainda harmonizam o serviço com cheirinhos agradáveis no interior - ótimo reforço se você for apresentar o carro pessoalmente ao futuro dono.

3. Tire boas fotos

Muita gente não acha isso importante, mas fotos chamam a atenção em meio à lista de ofertas. Confie no seu potencial fotográfico, leve seu carro para o pico mais bonito que exista próximo de sua casa e capriche no registro das imagens.

Procure tirar fotos dos principais ângulos (frente, 3/4 de frente, lateral, 3/4 de traseira, traseira, interior, bancos, painel, porta-malas, detalhes de algum acessório e motor), sempre com margem suficiente para eventuais cortes feitos pela internet.

Não se esqueça de focalizar bem as imagens durante os cliques para que elas não saiam tremidas. As fotos podem ser feitas pelo próprio celular, mas com câmeras a qualidade será maior.

4. Capriche no texto

Hora de fazer o anúncio. Não minta nas informações a respeito do carro, como as que são relacionadas aos serviços de revisão, índice de quilometragem e origem do automóvel. Ao mesmo tempo, valorize equipamentos e acessórios do seu veículo.

Além disso, capriche no texto de apresentação, de modo que a pessoa que for procurá-lo se interesse pelo conteúdo. Se coloque no lugar do comprador: procure evitar erros de português, de digitação e principalmente de informação.

5. Seja solícito e simpático

O item mais "barato" dessa lista está na educação do vendedor. Procure sempre ser solícito e simpático com os interessados e nunca minta - aumente ou invente - a respeito do automóvel.

Lembre-se que o negócio pode não acontecer de imediato, com o primeiro ou segundo interessados. Por isso, precisará abrir negociação com mais compradores, e você pode fazer algum deles desistir do negócio por não dar o tratamento adequado ou as informações de maneira clara -  justamente por ter acreditado que o carro seria vendido para o primeiro.

Por isso, seja sincero com todos eles e explique, se for preciso, que seu veículo tem outras ofertas além da dele.

Comentários