Logo WM1

O canal de notícias da Webmotors

Limpar buscar

Objetivo é recuperar jovens consumidores americanos

Montadoras de Detroit recrutam designers no mercado europeu
  1. Home
  2. Bolso
  3. Objetivo é recuperar jovens consumidores americanos
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A cidade de Detroit, nos Estados Unidos, definitivamente não é mais a mesma. Depois de ser reconhecida mundialmente como epicentro dos carros mais badalados e por ditar as regras em questão de estilo automobilístico nas décadas de 60 e 70, as montadoras americanas poucas vezes deram a última palavra em veículos nos anos 80 e 90. A liderança em design passou às montadoras européias, com destaque para os sedãs esportivos da BMW, Mercedes, Audi, Alfa e Jaguar.

Agora Detroit está se preparando para um renascimento no design. As companhias automobilísticas americanas estão lutando para alcançar as européias em termos de atratividade. Essa foi a forma encontrada por Detroit para conquistar os jovens compradores americanos, que cresceram convivendo com carros importados.

A Chrysler abriu o caminho ao aderir ao design ousado como tábua de salvaçã, quando estava à beira da falência em 1992. Dos sedãs LH e do cupê esporte Viper até o subcompacto Neon e o PT Cruiser, os designers de Auburn Hills, em Michigan, estão introduzindo Detroit no circuito da moda automobilística.

A Ford e a General Motors também seguiram o caminho da Chrysler. Estão recrutando designers nas concorrentes européias, pagando altos salários e bonificações para formandos de design.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors