Ofertas Mega Feirão: carros que menos desvalorizam

Separamos para você unidades de modelos que tem menor depreciação no mercado de usados e são ótimos negócios. Confira!

  1. Home
  2. Bolso
  3. Ofertas Mega Feirão: carros que menos desvalorizam
Guilherme Silva
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Na compra de um carro usado, a menor depreciação do modelo é um importantes itens para se fechar negócio. No Mega Feirão Webmotors, que vai até o dia 6 de maio, você encontra ótimas ofertas dos carros que menos desvalorizam no mercado de usados.

Esse ranking é puxado pelo Chevrolet Onix Plus, modelo que teve 7,6% de depreciação, de acordo com a última edição do Selo Maior Valor de Revenda 2020, levantamento da Agência Autoinforme que analisa o quanto os veículos vendidos no mercado brasileiro desvalorizam após um ano de uso.

A lista aponta que o Toyota Corolla foi o segundo colocado na pesquisa, com 8,9% de desvalorização. Na sequência aparecem os seguintes modelos: Toyota Hilux (9%), Honda HR-V, Hyundai HB20 (ambos com 9,2%) e Honda Fit (9,4%).

Baseados nesse ranking, separamos ofertas do Mega Feirão Webmotors desses cinco modelos.

Ofertas dos carros que menos desvalorizam

Chevrolet Onix Plus

Encontramos um exemplar da versão topo de linha Premier, ano/modelo 2019/2020, com apenas 6.500 quilômetros rodados, anunciado por R$ 79.900. Nessa configuração, o sedã é equipado com o motor 1.0 turbo flex de 116 cv de potência e câmbio automático de seis marchas. O pacote de itens de série conta com seis airbags, controles de estabilidade e tração, central multimídia MyLink com internet sem fio a bordo, entre outros. Uma ótima opção do Mega Feirão entre os carros que menos desvalorizam.

Thumbnail Chevrolet Onix 1.0 Turbo Flex Plus Premier Automatico
Chevrolet Onix Plus da linha Premier ano/modelo 2019/2020 tem apenas 6,5 mil kms rodados
Crédito: Reprodução

Toyota Corolla

O sedã médio mais vendido do mundo foi totalmente renovado em sua última geração, que possui uma unidade zero quilômetro à venda por R$ 129.900, na versão intermediária XEi, a mais procurada do modelo. A motorização 2.0 flex aspirada entrega até 177 cv, sempre combinada ao câmbio automático CVT que simula 10 velocidades.

Thumbnail Toyota Corolla 2.0 Vvtie Flex Xei
Toyota Corolla foi totalmente renovado em sua última geração
Crédito: Reprodução

Toyota Hilux

A picape média mais vendida no país aparece na lista com esse exemplar da série especial Challenge, 2017/2018, equipada com o motor 2.8 turbodiesel de 177 cv, transmissão automática de seis marchas e tração 4x4. O modelo conta com diversos detalhes estéticos exclusivos, como rodas pintadas na cor preta, adesivos na carroceria, estribos laterais e bancos de couro com costuras vermelhas. O valor pedido é de R$ 182.900.

Thumbnail Toyota Hilux 2.8 Sr Challenge 4x4 Cd 16v Diesel 4p
Toyota Hilux da série especial Challenge, 2017/2018, vem equipada com o motor 2.8 turbodiesel de 177 cv
Crédito: Reprodução

Hyundai HB20

Apesar da polêmica provocada pelo visual da última reestilização, o compacto ainda é bem aceito no mercado. A unidade anunciada por R$ 76.900 é zero quilômetro, da versão topo de linha Diamond Plus. Nessa configuração, o hatch traz sob o capô o bom motor 1.0 turbo flex de 120 cv e câmbio automático de seis velocidades.

Thumbnail Hyundai Hb20 1.0 Tgdi Flex Diamond Plus
HB20 Diamont Plus é equipado com o bom motor 1.0 turbo flex de 120 cv e câmbio automático de seis velocidades
Crédito: Reprodução

Honda HR-V

O SUV, que já foi líder do segmento por dois anos, ainda é muito procurado no mercado de usados. Mostramos aqui uma unidade da versão EX, ano/modelo 2020/2020, com apenas 3.800 quilômetros rodados. O SUV é dotado de motorização 1.8 flex aspirada de cv e transmissão automática CVT.

Honda HR-V que separamos é 2020 e tem apenas 3.800 quilômetros rodados
Crédito: Reprodução

Honda Fit

Encontramos um Fit na versão topo de linha EXL, ano/modelo 2018/2018, com razoáveis 48 mil quilômetros rodados. O monovolume se destaca pela versatilidade da ampla cabine, que pode ter o espaço configurado pela modularidade do banco traseiro. O motor 1.5 aspirado de 115 cv é combinado a um câmbio automático CVT.

A versatilidade do ótimo espaço interno é um dos atrativos do Honda Fit
Crédito: Reprodução
Tags:Lista
Comentários