Organizadores acreditam em 70 mil torcedores

F1: público deve ser recorde
  1. Home
  2. Bolso
  3. Organizadores acreditam em 70 mil torcedores
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A ida de Rubens Barrichello para a Ferrari há seis meses já anunciava uma temporada promissora para o piloto em 2000. O segundo lugar obtido no GP da Austrália — primeira etapa do mundial — justificou as previsões. Com isso, o piloto já pôde experimentar a condição de “estrela” do automobilismo em sua chegada ao País, ao ser recebido — ontem 13/03 — com festa pelos torcedores brasileiros no Aeroporto Internacional de Cumbica, SP.

Mas não é apenas Rubinho quem tem motivos para festejar. Quem também está comemorando — e muito — o sucesso do piloto brasileiro são os organizadores do GP do Brasil que preveêm um público de 70 mil pessoas este ano. Um número considerado excelente, já que nunca houve mais de 60 mil espectadores, após a morte de Ayrton Senna.

Os organizadores do GP do Brasil registraram a marca de 10 mil ingressos vendidos já em janeiro — mês de início das vendas. Em anos anteriores, este número só era alcançado trinta dias antes da prova.

Para os torcedores que não compraram seus ingressos, ainda há tempo. Até o final da tarde de ontem, somente para o setor G e R — localizados na reta oposta — era possível encontrar entradas. A compra pode ser feita pelo telemarketing do ABN-Amro Bank — 0800 — de segunda a sexta, das 8h às 20h. Ou ainda pelo telefone 0800-11-6830. No autódromo de Interlagos as vendas começarão dia 23 de março. Os ingressos para o setor G, o mais barato do evento, custam R$ 165,00. Estudantes com carteirinha pagam meia.


Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors