Os carros elétricos mais vendidos de 2020

Relatório mostra que vendas de modelos 100% elétricos (sem considerar híbridos) ainda é pequena, mas segue em evolução

  1. Home
  2. Bolso
  3. Os carros elétricos mais vendidos de 2020
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Carros elétricos são coisa do futuro? O presente já responde que não. As vendas em 2020 ainda foram acanhadas, mas são maiores do que as de 2019 e serão menores que as de 2021, na opinião das montadoras. A Audi, por exemplo, terminou 2020 como maior vendedora de modelos 100% elétricos do Brasil, graças ao lançamento do modelo e-tron em duas variantes: SUV e Sportback.

De janeiro a outubro (ainda não temos os dados compilados de novembro e dezembro) foram 232 unidades emplacadas de carros puramente elétricos, segundo levantamento do WM1 junto a fontes do setor automotivo. Abaixo, montamos uma lista com os modelos mais vendidos, sem considerar híbridos ou veículos movidos por outros tipos de energia alternativa.

Carros elétricos mais vendidos de 2020

1. Audi e-tron: 79 unidades

O carro de praticamente R$ 500 mil da marca alemã das quatro argolas foi o elétrico mais vendido do país com 79 unidades emplacadas de janeiro a outubro - o número deve se aproximar de 90 unidades quando considerados novembro e dezembro (ainda não compilados).

Isso sem considerar a versão acupezada Sportback, lançada em agosto, que vendeu 10 unidades nestes seis últimos meses, o que totaliza 89 unidades de Audi e-tron emplacados no país.

Audi E Tron azul de frente com faróis acesos ao fundo entardecer atrás das montanhas
Audi e-Tron foi o carro elétrico mais vendido do Brasil em 2020
Crédito: Divulgação

2. Chevrolet Bolt: 65 unidades

O modelo da GM que custa R$ 246 mil foi o segundo carro elétrico mais vendido do país em 2020, com 65 unidades, no período de janeiro a outubro - a maioria delas no Paraná.

O Bolt é uma espécie de crossover/SUV com pegada de carro familiar, motor com boa autonomia e respostas espertas, comercializado por aqui apenas na versão Premier, a mais completa.

Chevrolet Bolt
Chevrolet Bolt é o elétrico da marca norte-americana vendido no Brasil
Crédito: Divulgação

3. Jaguar I-pace: 49 unidades

Um SUV de luxo que custa mais de meio milhão foi o terceiro carro elétrico mais emplacado do país. O Jaguar I-Pace, que atualmente cobra a partir de R$ 508.950 para estar na sua garagem, vendeu 49 unidades entre janeiro e outubro de 2020 - se considerarmos novembro e dezembro, que não foram computados, é muito provável que o número de unidades vendidas ultrapasse a marca dos 50.

Jaguar I Pace 2019 1280 1d
Jaguar I-Pace foi lançado no Brasil em 2019 e vendeu 49 unidades em 2020 até outubro
Crédito: Divulgação

4. Nissan Leaf: 28 unidades

O quarto colocado da nossa lista foi o Nissan Leaf, que é vendido no Brasil desde 2019 - o modelo havia sido anunciado no Salão de São Paulo de 2018, ao preço de R$ 178.400, mas chegou por R$ 195 mil no ano seguinte.

Atualmente, cobra R$ 220 mil, mas já oferece de série o kit completo de recarga para ser instalado em casa ou ser usado na rua. Seu "primo" Renault Zoe vendeu menos: 19 unidades este ano.

Nissan Leaf 2020
Nissan Leaf foi mostrado em 201 e, lançado oficialmente no Brasil em 2019
Crédito: Divulgação

5. JAC iEV40: 22 unidades

O quinto colocado de nossa lista é um dos modelos elétricos da chinesa JAC Motors, que lançou uma linha de veículos puramente abastecidos por baterias no ano passado.

O mais emplacado deles foi o iEV40, o T40 elétrico, que teve 22 registros ao longo de 2020, de janeiro a outubro. O menorzinho, iEV20 (um J2 elétrico) ficou perto: 21 unidades. Já o iEV60 e a picape iEV 330P tiveram apenas 1 unidade emplacada cada.

iEV 40 é um T40 elétrico e chegou ao Brasil em 2019 ao preço de R$ 153.900 - hoje custa R$ 189.990
Crédito: Divulgação
Comentários