Os carros mais vendidos do Brasil em 2020

Reunimos os dados de janeiro a dezembro da Fenabrave para mostrar quais os veículos mais comercializados por categoria

  1. Home
  2. Bolso
  3. Os carros mais vendidos do Brasil em 2020
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves segue em recuperação após a gigantesca queda de abril e maio motivada pela pandemia da covid-19, mas termina 2020 com números menores que os de 2019. A expectativa dos fabricantes é de que 2021 seja de plena recuperação, mas é sabido que a retomada plena dos números ocorra somente em dois ou três anos.

O relatório oficial da Fenabrave registrou 2.058.315 unidades emplacadas (nessa conta entram automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões). O número é 26,1% menor que o de 2019, quando foram vendidos 2.787.618 veículos automotores de todas estas categorias.

Abaixo, fechamos nosso tradicional ranking de modelos mais vendidos com os vencedores do ano nas cinco principais categorias do mercado brasileiro de carros: hatches, sedãs, SUVs, picapes e esportivos. Confira:

Carros mais vendidos do Brasil em 2020

Hatch: Chevrolet Onix

Acredite, o Chevrolet Onix chegou a perder o posto de carro mais vendido do país, que lhe pertence desde 2015, por duas vezes este ano - em julho foi derrotado pelo Volkswagen T-Cross e em setembro perdeu a liderança para a Fiat Strada.

Mas ele dominou o mercado e a categoria de hatches mais uma vez em 2020. Foram 16.566 unidades em dezembro e 135.351 unidades em todo o ano. O segundo colocado foi o Hyundai HB20, com 86.548 emplacamentos. Já o terceiro na categoria foi o veterano Volkswagen Gol (71.151), que terminou 2020 à frente do Ford Ka (67.491).

Chevrolet Onix RS
Chevrolet Onix RS, versão esportivada do carro mais vendido do Brasil, foi lançada em setembro
Crédito: Divulgação

Sedã: Chevrolet Onix Plus

Nada muda entre os sedãs. O Chevrolet Onix Plus domina a categoria desde que foi lançado, no final de 2019, e foi o líder entre os carros com três volumes de ponta a ponta em 2020, de janeiro a dezembro. Foram 12.919 unidades emplacadas no último mês do ano.

Esse número, somado aos licenciamentos oficiais de janeiro a novembro, resultam em 83.392 carros vendidos em 2020.

Na segunda posição entre os sedãs figura o Toyota Corolla, que no mês passado teve 5.047 unidades emplacadas (41.072 unidades em 2020). O modelo nipônico foi seguido pelo Volkswagen Virtus, que fechou o ano na terceira colocação com 30.880 unidades comercializadas.

Chevrolet Onix Plus Midnight
Onix Plus foi outro modelo da GM a ganhar uma versão com visual esportivo em setembro, a Midnight
Crédito: Divulgação

SUV: Volkswagen T-Cross

A disputa mais acirrada era entre os SUVs, a categoria mais desejada pelo consumidor brasileiro (e mundial) nos dias de hoje. E quem levou a medalha de SUV mais vendido do Brasil em 2020 foi o VW T-Cross, que somou 7.433 licenciamentos em dezembro. Com isso, o modelo da Volks chegou a 60.119 unidades em 2020.

Apesar disso, curiosamente, o SUV mais vendido em dezembro foi o Jeep Renegade, que teve exatas 444 unidades a mais. No acumulado do ano, no entanto, o Renegade ficou em segundo, com 56.865; e o terceiro colocado entre os SUVs foi o médio Compass, colado no "irmão", com 52.966 emplacamentos.

Sensação do primeiro semestre, o Chevrolet Tracker foi o quarto colocado (49.372), logo à frente do Hyundai Creta (47.757).

Vw T Cross2
Volkswagen T-Cross, lançado em 2019, foi o SUV mais vendido do Brasil pelo segundo ano consecutivo
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Picape: Fiat Strada

A "Stradinha" realmente continuou "nem aí" para a concorrência. Além de mais um mês na liderança no segmento de picapes, o modelo da Fiat fechou 2020 com a primeira colocação entre todos os comerciais leves vendidos no mercado brasileiro (picapes, vans e veículos comerciais).

Só em dezembro foram 10.390 licenciamentos. No ano, foram 80.041, aproximadamente 26 mil a mais que a segunda colocada entre as picapes, a Fiat Toro, que em 2020 teve 53.974 emplacamentos (6.983 no último mês do ano). Um reinado da FCA entre os comerciais leves. A terceira colocada nessa disputa foi a Toyota Hilux, com 32.394 emplacamentos.

Novafiatstradaendurancecabineplus Externas1 Large
Vale lembrar que mesmo com a mudança profunda, Strada ainda emplaca unidades da geração anterior
Crédito: Divulgação

Esportivo: Porsche 911

No melhor ano da história da Porsche no Brasil, o 911 foi também o esportivo mais emplacado do país, para deleite da marca alemã, com 768 unidades vendidas em 2020, mais que o dobro que Ford Mustang (350) e Porsche Boxster (306), seus companheiros de pódio.

Vale registrar o mercado premium foi fortíssimo este ano: em setembro a Porsche já havia alcançado seu recorde mesmo três meses antes do fechamento da temporada.

Lembrete: nesta categoria, a Fenabrave não leva em conta as derivações esportivas de carros "comuns", como Renault Sandero RS ou Audi RS6. Apenas os "puro-sangue" fazem parte do grupo.

Porsche 911 foi o carro esportivo mais vendido do Brasil em 2020
Crédito: Divulgação
Comentários