Os melhores SUVs em custo-benefício de 2020

Entre os crossovers mais vendidos do Brasil, conheça qual é o melhor e saiba como escolher

  1. Home
  2. Bolso
  3. Os melhores SUVs em custo-benefício de 2020
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Um dos segmentos mais desejados do país, os crossovers ganham a cada ano mais modelos e pessoas interessadas em comprá-los. Mas o que deve ser levado em consideração antes de iniciar uma negociação? Para te ajudar, listamos a seguir os melhores SUVs em custo-benefício.

Em ordem, os critérios utilizados foram: preço, potência e torque, câmbio, espaço interno e espaço no porta-malas. Em primeiro lugar, o valor do SUV, já que é esse o primeiro filtro de milhares de motoristas na hora da compra.

Em seguida, o desempenho dos motores. E as dimensões e porta-malas, uma vez que modelos dessa categoria são ótimos para famílias. Como atualmente existem dezenas de opções, levamos em consideração apenas as que tiveram mais emplacamentos no primeiro semestre de 2020.

Os dados das vendas foram fornecidos pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). De acordo com o relatório, de janeiro ao final de junho de 2020, os 10 SUVs mais vendidos no Brasil foram:

  • Jeep Renegade - 20.710;
  • VW T-Cross - 20.595;
  • Jeep Compass - 17.637;
  • Hyundai Creta - 16.695;
  • Nissan Kicks - 16.261;
  • Honda HR-V - 13.051;
  • Chevrolet Tracker - 11.235;
  • Ford EcoSport - 9.895;
  • Renault Duster - 6.839,
  • Renault Captur - 5.095.
  • Antes de chegar à conclusão de qual é o SUV com o melhor custo-benefício em 2020, mostramos o desempenho de cada modelo nos critérios que definimos. Confira os números de cada veículo!

    Melhor SUV em preço

    Sem dúvida alguma o preço é o critério mais importante para quem busca um carro com excelente custo-benefício, já que é de olho nas condições financeiras que o motorista irá decidir qual modelo terá condições de pagar, seja à vista ou por financiamento.

    Todos os valores a seguir foram retirados do nosso Catálogo 0 Km. Desconsideramos os modelos produzidos exclusivamente ao público PcD, pois a compra dessa opção é restrita apenas aos que têm direitos às isenções.

    • Renault Duster: disponível em cinco versões de R$ 64.990 a R$ 96.390;
    • Jeep Renegade: disponível em sete versões de R$ 79.990 a R$ 158.290;
    • Hyundai Creta: disponível em quatro versões de R$ 79.990 a R$ 108.990;
    • Ford EcoSport: disponível em seis versões de R$ 80.490 a R$ 113.490;
    • Nissan Kicks: disponível em cinco versões de R$ 85.990 a R$ 111.990;
    • Chevrolet Tracker: disponível em sete versões de R$ 88.790 a R$ 121.290;
    • Renault Captur: disponível em cinco versões de R$ 89.990 a R$ 107.290;
    • VW T-Cross: disponível em quatro versões de R$ R$ 92.990 a R$ 122.390;
    • Honda HR-V: disponível em quatro versões de R$ 99.100 a R$ 142.700,
    • Jeep Compass: disponível em sete versões de R$ 126.290 a R$ 213.190.
    • Novo Renault Duster
      icon photo
      Legenda: Dentre as opções da lista, Duster é o SUV com menor preço
      Crédito: Ricardo Rollo/WM1

      Melhor SUV em potência e torque

      Quando pensamos em um carro, ainda mais um SUV, que são grandes e pesados, a potência e o torque ganham importância na hora de escolher. Por esse critério, confira abaixo quais são as opções de motores disponíveis em cada modelo e quanto cada um entrega.

      • Renault Duster: um motor: 1.6 SCe, que rende 120 cv e 16,2 kgfm com etanol e 118 cv e o mesmo torque com gasolina;
      • Jeep Renegade: dois motores: 1.8 E.torQ flex de 139 cv e 19,2 kgfm com etanol ou 135 cv e 18,7 kgfm com gasolina, e 2.0 Multijet diesel de 170 cv e 35,7 kgfm;
      • Hyundai Creta: um motor: 1.6 16v Flex, 130 cv e 16,5 kgfm com etanol ou 123 cv e 16 kgfm com gasolina;
      • Ford EcoSport: dois motores: 1.5 Ti-VCT de 3 cilindros em linha, que rende 137 cv e 16,2 kgfm com etanol e 130 cv e 15,6 kgfm com gasolina e 2.0 Direct de 176 cv e 22,5 kgfm com etanol e 170 cv e 20,6 kgfm com gasolina;
      • Nissan Kicks: um motor: 1.6 16V de 114 cv e 15,5 kgfm, tanto no etanol quanto na gasolina;
      • Chevrolet Tracker: dois motores: 1.0 turbo flex de 3 cilindros que rende 116 cv e 16,8 kgfm com etanol e a mesma potência, mas 16,3 kgfm com gasolina; e, um 1.2 turbo flex, também com 3 cilindros, mas que rende 133 cv e 21,4 kgfm com etanol e 132 cv e 19,4 kgfm com gasolina;
      • Renault Captur: dois motores: 1.6 16v SCe Flex de 120 cv com etanol ou 118 cv com gasolina e 16,2 kgfm com ambos combustíveis; e, 2.0 16v Hi-Flex de 148 cv e 20,9 kgfm com etanol ou 143 cv e 20,2 kgfm com gasolina;
      • VW T-Cross: dois motores: 1.0 200 TSI de 128 cv e 20,4 kgfm com etanol ou 116 cv e o mesmo torque com gasolina; e, 1.4 250 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm com etanol e com gasolina;
      • Honda HR-V: dois motores: 1.8 16v FlexOne de 139 cv e 17,4 kgfm com etanol ou 140 cv e 17,3 kgfm com gasolina nas três versões iniciais. E, o conhecido motor 1.5 16v Turbo gasolina de 173 cv e 22,4 kgfm na versão Touring,
      • Jeep Compass: 2.0 Tigershark Flex que tem 166 cv com etanol e 159 cv com gasolina; e, 2.0 Multijet diesel de 170 cv e 35,7 kgfm.
      • icon photo
        Legenda: Linha Jeep Renegade tem excelentes opções em potência e torque para quem busca boa performance para SUV
        Crédito: Divulgação

        Melhor SUV em transmissão

        Alguns são mais desejados, enquanto outros tipos de câmbio são evitados. Conheça quais são as transmissões disponíveis nos crossovers mais procurados pelos motoristas brasileiros em 2020.

        • Renault Duster: duas opções: manual de 5 velocidades ou X-Tronic (CVT);
        • Jeep Renegade: duas opções: automática AT6 de 6 velocidades e automática AT9 de 9 velocidades;
        • Hyundai Creta: duas opções: manual ou automática sequencial de 6 velocidades;
        • Ford EcoSport: duas opções: manual de 5 velocidades e automatizada de dupla embreagem (PowerShift) de 6 velocidades;
        • Nissan Kicks: uma opção: X-Tronic (CVT);
        • Chevrolet Tracker: duas opções: manual de 6 velocidades na versão de entrada com motor 1.0 turbo ou automática de 6 velocidades;
        • Renault Captur: transmissão manual de 5 velocidades ou X-Tronic (CVT) no motor 1.6 ou automática de 4 velocidades no motor 2.0;
        • VW T-Cross: duas opções: manual ou automática de 6 velocidades;
        • Honda HR-V: automática CVT (continuamente variável),
        • Jeep Compass: duas opções: automática AT6 de 6 velocidades e automática AT9 de 9 velocidades.
        • icon photo
          Legenda: Dentre as opções da lista, o Nissan Kicks oferece câmbio CVT X-Tronic
          Crédito: Rafael Munhoz/Divulgação

          Melhor SUV em dimensões

          A escolha de milhares de motoristas pelos SUVs se deve ao fato desses modelos serem maiores e mais altos, para acomodar melhor a família. Por isso, trouxemos um dos critérios mais requisitados: as dimensões de cada veículo.

          • Renault Duster: 4376 mm de comprimento, 1832 mm de largura, 1693 mm de altura e 2673 mm de distância entre-eixos;
          • Jeep Renegade: 4232 mm de comprimento, 1805 mm de largura, 1658 mm de altura e 2570 mm de entre-eixos;
          • Hyundai Creta: 4270 mm de comprimento, 1760 mm de largura, 1635 mm de altura e 2590 mm de entre-eixos;
          • Ford EcoSport: 4269 mm de comprimento, 1765 mm de largura, 1693 mm de altura e 2519 mm de entre-eixos;
          • Nissan Kicks: 4295 mm de comprimento, 1760 mm de largura, 1590 mm de altura e 2610 mm de entre-eixos;
          • Chevrolet Tracker: 4270 mm de comprimento, 1791 mm de largura, 1624 mm de altura e 2570 mm de entre-eixos;
          • Renault Captur: 4329 mm de comprimento, 1813 mm de largura, 1619 mm de altura e 2673 mm de entre-eixos;
          • VW T-Cross: 4199 mm de comprimento, 1751 mm de largura, 1570 mm de altura e 2651 mm de entre eixos;
          • Honda HR-V: 4294 mm de comprimento, 1772 mm de largura, 1586 mm de altura e 2610 mm de entre eixos,
          • Jeep Compass: 4416 mm de comprimento, 1819 mm de largura, 1635 mm de altura e 2636 mm de distância entre eixos.
          • icon photo
            Legenda: Com boas dimensões, o Captur é uma ótima escolha para quem quer um SUV com bastante espaço
            Crédito: Marcos Camargo/WM1

            Melhor SUV em capacidade do porta-malas

            Ainda sobre o espaço interno de cada SUV, a capacidade de bagagem dos porta-malas não poderia ficar de fora dos nossos critérios. Confira quanto cada modelo é capaz de carregar e se as medidas estão dentro do que vocês procura.

            • Renault Duster: capacidade para até 475 litros de bagagem;
            • Jeep Renegade: capacidade para até 320 litros de bagagem;
            • Hyundai Creta: capacidade para até 431 litros de bagagem;
            • Ford EcoSport: capacidade para até 356 litros de bagagem;
            • Nissan Kicks: capacidade para até 432 litros de bagagem;
            • Chevrolet Tracker: capacidade para até 393 litros de bagagem;
            • Renault Captur: capacidade para até 437 litros de bagagem;
            • VW T-Cross: capacidade para até 373 litros de bagagem;
            • Honda HR-V: capacidade para até 437 litros de bagagem,
            • Jeep Compass: capacidade para até 410 litros de bagagem.
            • icon photo
              Legenda: Honda HR-V tem um dos maiores porta-malas dentre as opções da lista
              Crédito: Divulgação

              Qual SUV tem o melhor custo-benefício?

              Depois de analisar todas as informações sobre os principais SUVs comercializados no Brasil, chegou a hora de decidir qual será a opção de compra. Como cada motorista tem uma particularidade no momento de definir a compra, cabe uma avaliação individual baseada em todos os dados acima para escolher o modelo.

              Para quem procura um SUV, mas não quer gastar muito e precisa de mais capacidade no porta-malas, o Renault Duster pode ser uma opção. Aos que estão dispostos a gastar um pouco mais para ter um motor mais potente, o Chevrolet Tracker ou o VW T-Cross se destacam.

              Ou seja, a escolha do melhor SUV em relação ao custo-benefício vai depender exclusivamente da intenção de compra do motorista. Portanto, atente-se a cada informação dos modelos listados acima e decida pelo que mais te agradar.

              Onde encontrar o SUV com melhor custo-benefício?

              Para quem busca por SUVs seminovos e usados, o nosso portal de anúncios conta com ofertas imperdíveis, basta encontrar a mais próxima a você. Aos que preferem adquirir um modelo zero quilômetro, veja mais informações sobre cada opção de crossover no Catálogo 0Km.

              Independentemente da escolha, seja um carro novo, seminovo ou usado, com o Financiamento Webmotors você encontra as melhores condições de pagamento para conseguir realizar o sonho do veículo próprio ou aos que buscam trocar de modelo.

              Comentários