Paralisação de fiscais e greve de caminhoneiros foi o motivo da baixa

Kia Motors registra queda de 62% nas vendas em abril
  1. Home
  2. Bolso
  3. Paralisação de fiscais e greve de caminhoneiros foi o motivo da baixa
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Abril definitivamente não foi um bom mês para a Kia Motors do Brasil. Com 422 veículos comercializados 62,3% a menos que os 1.120 vendidos em março, a montadora de origem sul-coreana pretende reverter o prejuízo agora em maio. A expectativa é que 1.600 unidades sejam negociadas este mês. O primeiro lote com 700 Besta GS Grand estará nas concessionárias da rede, neste final de semana, em todo o país.

Segundo a direção da empresa, a paralisação dos fiscais portuários, somado a greve dos caminhoneiros, foi o principal motivo da baixa registrada nas vendas no atacado. Além disso, o lote de 1.272 automóveis Kia, que desembarcou no dia 10 de abril, em Vitória ES, teve problemas no processo de nacionalização.

Desse total, 1.121 unidades correspondiam ao modelo Besta, das quais 700 da versão GS Grand, que deveriam ter sido faturadas à rede de 91 concessionárias autorizadas até o dia 28 do mês passado.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors