Preço do zero é menor que inflação

Valor do carro subiu 2,62%, índice inferior ao do IGPM que ficou acima de 7%
  1. Home
  2. Bolso
  3. Preço do zero é menor que inflação
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O carro zero ficou 2,62% mais caro no ano passado, conforme apurou pesquisa da Agência AutoInforme, que compara mês a mês o preço oficial com o preço praticado no mercado.

O resultado ficou bem abaixo dos indexadores da inflação. O IPC fechou 2007 em 4,37%. Ele é o indexador que mede os preços no varejo em São Paulo do Índice de Preços ao Consumidor da FIPE Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas. O IGPM, Índice Geral de Preços do Mercado, medido pela Fundação Getúlio Vargas ficou em 7,75%.

Os preços acessíveis, além de prazos maiores e taxas baixas de financiamento incentivaram as vendas, que baterem todos os recordes históricos. O número de emplacamentos foi de 2.462 milhões, 27% maior do que o recorde anterior, em 1997, quando foram registrados 1.938 milhão de veículos vendidos no mercado interno.

A pesquisa da AutoInforme registrou estabilidade nos preços praticados em dezembro. De acordo com o estudo, o mês fechou com alta de 0,01%.

Os maiores aumentos foram dos carros da Mercedes-Benz e da Peugeot. Ambas as montadoras fecharam dezembro com alta de 0,41%. Os importados da Maserati subiram 0,36%, seguidos pelos carros da Chevrolet, com alta de 0,25%. A maioria das montadoras permaneceu com os preços inalterados e algumas apresentaram queda nos preços. A Hyundai foi a que terminou o mês com a maior queda, 1,33%. Em seguida da Nissan, com queda de 0,72% e a Citroën, com seus carros ficando 0,49% mais baratos.

Produção cresce 13,9%

A Anfavea Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores anunciou os números de 2007. A produção por pouco não atingiu os 3 milhões de carros fabricados no País, chegando a 2.972.822 unidades, um crescimento de 13.9%.

As exportações cresceram, em valores, 8,7%. Em 2007 a indústria automobilística exportou o equivalente a US$ 13,199 bilhões, ante US$ 12,142 bilhões em 2006.

As exportações estão em declínio em unidades, mas a lucratividades das montadoras foi garantida pela renegociação de contratos e venda de carros com maior valor.

Gosta de carros de bom preço?

Então veja aqui no WebMotors a oferta dos modelos mais baratos do Brasil:

Fiat Mille

Ford Fiesta

VW Gol 1.0

Fiat Palio 1.0

Chevrolet Celta 1.0

Leia também:

Anfavea: 2007 foi o melhor ano da indústria automobilística

Os mais vendidos

Saiba quais serão os lançamentos mais quentes de 2008

Economia brasileira ajudou o automóvel

Crescimento do mercado pode ser de 12%

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors