Projeto SAE Mini Baja 2004: competição reunirá 79 equipes

Veículos são desenvolvidos pelos estudantes das universidades
  1. Home
  2. Bolso
  3. Projeto SAE Mini Baja 2004: competição reunirá 79 equipes
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A SAE Brasil-Petrobrás de Mini Baja, que acontece entre 15 e 18 de abril, no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo ECPA, em Piracicaba, SP, chega na sua 10ª edição.

Considerada por especialistas da indústria automotiva como excelente laboratório de formação complementar para estudantes de engenharia e futuros profissionais do setor, a competição possui este ano 79 equipes inscritas, de 56 universidades, de 12 Estados e do Distrito Fcaptional, além das equipes de Estados Unidos e Porto Rico.

As duas equipes que atingirem mais pontos na classificação geral das provas estáticas e dinâmicas irão representar o Brasil na edição Midwest Mini Baja, da SAE International, ainda em 2004, nos Estados Unidos, uma espécie de campeonato mundial.

Competição
Os Mini Baja são veículos leves, projetados e construídos de acordo com regulamento da SAE Brasil Society of Automotive Engineers, possuem chassis tubulares em aço, suspensão, transmissão e carrocerias projetadas pelas equipes, no entanto o motor de 10 HP é padronizado.

A competição, que possui em média 10 estudantes por equipe, se inicia com o envio de relatórios dos projetos em janeiro, construção dos veículos dentro das faculdades e se encerra com a realização de provas estáticas e dinâmicas em Piracicaba. No quarto e último dia de competição, os veículos participam da prova de enduro de 4 horas na pista de autocross do ECPA, especialmente preparada para o desafio dos veículos SAE Mini Baja.

Segundo o engenheiro Luso Martorano Ventura, presidente da SAE BRASIL, o Projeto SAE Mini Baja é de elevado valor na formação complementar do estudante, pois ao término da realização e construção do veículo, ele terá passado por todos os rigores de compromisso, entendimento claro das regras e objetivos e, finalmente, o triunfo de chegar ao final do projeto. "Mais importante que ele chegar ao pódio é participar da prova com todo o afinco em todas as etapas do processo. O participante passa por uma experiência fundamental para o sucesso em sua carreira", comenta Luso Ventura.

Participantes
Na bagagem os particiupantes trarão, além da mistura de sotaques e culturas, 79 carros , denominados SAE Mini Baja, construídos por eles próprios dentro de cada escola, resultado de meses de trabalho extracurricular.

São Paulo será representado por 25 equipes, seguido de Minas Gerais com 11, Rio de Janeiro com nove, Rio Grande do Sul, com sete, e o Paraná e Pernambuco com cinco cada. Santa Catarina será representada por quatro equipes e o Ceará três. Distrito Fcaptional, Espírito Santo e Rio Grande do Norte disputam com duas equipes cada. Bahia, Maranhão, Porto Rico e EUA serão representadas com uma equipe cada.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors