Renault Stepway 0km ou Porsche Cayenne usado?

Os dois modelos são bem diferentes, mas têm preços semelhantes; só que o custo de manutenção do alemão...

  1. Home
  2. Bolso
  3. Renault Stepway 0km ou Porsche Cayenne usado?
Fabio Perrotta Junior
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

É bem provável que você já tenha se questionado sobre a compra de um carro 0km ou usado. Nós, do WM1, pegamos carona no lançamento do Renault Sandero para, mais uma vez, mostrar que nem tudo é tão barato quanto parece. Por exemplo, entre um Stepway 0km ou um Porsche Cayenne S 2008, qual seria a sua escolha?

Sandero Cvt

Recém lançado, o Stepway foi "promovido" - pelo menos pela turma do marketing da marca. Deixou de ser uma versão do Sandero e ganhou vida própria, segundo a Renault. Por R$ 73.090, a versão topo de linha Iconic CVT usa motor 1.6 de até 118 cv com câmbio automático CVT. Completo, tem 4 airbags de série, ar-condicionado automático, multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré, bancos de couro, entre outros.

Autowp.ru Porsche Cayenne S 26

Do outro lado, um Porsche Cayenne S 2008. De acordo com o anúncio no Webmotors, o carro tem 46 mil quilômetros. É equipado com motor V8 de 385 cv, tração 4x4, câmbio automático de seis marchas e todo o requinte de um Porsche.

Mas e o pós-venda? O Stepway tem preço de revisão fechado. A primeira, de 10 mil km ou um ano de uso faz aquela troca básica: óleo, filtros de óleo, combustível, cabine e ar, além de checar o estado dos freios e manter a garantia de fábrica. Tudo por R$ 460.

OFERTAS WEBMOTORS

No Cayenne a brincadeira é mais pesada. Um kit com filtros de ar, óleo, cabine e 9 litros de óleo 0w30, de acordo com a especificação exigida pela Porsche, custa R$ 839. Além disso, falta a mão de obra para executar o serviço e apagar o aviso de revisão no painel, que fica na casa dos R$ 600.

Mil reais a mais, isso contando uma revisão básica. Pois as peças são um capítulo à parte. O farol do Porsche, por exemplo, pode custar até R$ 5 mil em caso de uma batidinha... Importante salientar que levamos em consideração apenas o básico do básico. Um carro com 46 mil quilômetros rodados demanda outras manutenções além da troca de óleo.

Em resumo, andar de importado de luxo usado é bom. Desfruta-se de desempenho, conforto, requinte e equipamentos, mas o custo de pós-venda pode ser um poço sem fundo. A diferença é tão grande que nem precisa ir muito a fundo no assunto para ver que o duelo Cayenne x Stepway é irreal.

A discrepância nos preços só deixa claro que, a opção de ir em um 0km ou um seminovo premium só depende do tamanho do seu bolso não na hora, mas depois da compra do carro.

Comentários