Saiba a hora para certa para vender seu veículo

Quer obter a maior valorização possível ao trocar de carro, moto ou utilitário? Siga as dicas abaixo

  1. Home
  2. Bolso
  3. Saiba a hora para certa para vender seu veículo
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Muitos, quando compram um veículo, especialmente zero-quilômetro, já programam a troca por outro mais novo dentro de alguns anos. Daí surge a pergunta: qual o melhor momento para vender seu usado e conseguir a melhor valorização possível?

Para Amos Lee Harris Junior, CEO da Uniauto (Universidade Automotiva), se o seu objetivo é buscar o melhor preço, faça isso com cerca de 50 mil km rodados ou até três anos de uso. "Dentro desses limites, o veículo é considerado seminovo no mercado. Acima disso, é classificado como usado e seu apelo para revenda diminui", afirma o especialista.


 Autopago
Legenda: Autopago
Crédito: Webmotors/WM1

SEM DOR DE CABEÇA: AUTOPAGO

Para impedir que golpistas se aproveitem de quem está vendendo ou comprando um carro, a Webmotors criou o Autopago. Clique Aqui e conheça os detalhes deste novo serviço.


"Quando o carro zero sai da concessionária, já tem desvalorização média de cerca de 20%. A partir do terceiro ano de uso, ela fica muito menor e aí começa a ficar vantajoso. Quem troca de carro a cada ano ou a cada seis meses perde mais dinheiro, justamente por conta da desvalorização elevada", explica. Em relação à quilometragem, acima de 50 mil km os custos com manutenção começam a subir e o preço, a cair, destaca.

GARANTIA

Hoje, a maioria das montadoras oferece três anos de garantia total do veículo, que vai a cinco anos dependendo da marca. Passá-lo adiante com a garantia ainda vigente é outro fator que ajuda a valorizar o seu carro, moto ou utilitário. Mas essa valorização é relativa - para que ela aconteça, diz Harris Junior, você tem de manter todas as revisões obrigatórias em dia, com o respectivo carimbo da concessionária no manual do proprietário.

"Vender um carro com seis meses de garantia vigente é um argumento que pode mesmo valorizá-lo na revenda, mas isso depende de você manter o plano de revisões atualizado e documentado. O mesmo vale para a realização de reparos em eventuais recalls", aponta o especialista automotivo.

icon photo
Legenda: Vender o carro ainda na garantia pode valoriza-lo
Crédito: iStock

Mas trocar de veículo não pode ser uma decisão tomada apressadamente. "A troca deve ser bem planejada. Quem deseja comprar um carro, moto ou utilitário novo precisa antes avaliar suas reais possibilidades, como ter emprego estável, dinheiro guardado ou crédito liberado para pagar a diferença no preço entre seu usado e o veículo pretendido na troca", ensina. Outro conselho é só vender o veículo, se este for financiado, com as parcelas já quitadas, de forma a obter o maior valor possível para a troca.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors