Venda de carros importados cai 6% em julho

No acumulado do ano, de janeiro a julho, alta permanece na faixa de 50%
  1. Home
  2. Bolso
  3. Venda de carros importados cai 6% em julho
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- As seis empresas filiadas à Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores Abeiva – BMW, Ferrari, Kia Motors, Maserati, Porsche e Ssangyong - comercializaram em julho, no varejo, 475 unidades, 6,86% inferior ao mês de junho, quando foram vendidos 510 veículos. O resultado negativo interrompe seqüência de três meses de aumento venda de carros importados. No atacado, o comportamento de vendas não foi diferente: queda de 6,18%, 501 unidades contra 534 carros.

No entanto, no acumulado de sete meses, de janeiro a julho, as seis marcas representadas pela Abeiva contabilizam alta de 52,94% varejo e 49,14% atacado. No varejo, são 2.970 unidades este ano contra 1.942 veículos em 2004; no atacado, 3.138 contra 2.104 unidades.

Todavia, o registro positivo das vendas anualizadas perde muito de seu impacto, quando se constata que a participação dos seis ainda permanece muito aquém do que obtiveram em anos anteriores.

Mesmo com o resultado positivo a participação dos importados no mercado brasileiro ainda é considerada baixa, segundo a Abeiva. Em julho, essa participação foi de 0,38% e, no período a combinação das vendas das seis marcas associadas à Abeiva não passou de 0,35%.

Consolidado o fechamento dos sete primeiros meses do ano, com vendas – no varejo – de 2.970 unidades, André Muller Carioba estima para este ano 5.200 unidades, com possibilidade de aumento de 10% em 2006, em especial se os acordos bilaterais de comércio passem a vigorar no início do próximo ano.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors