Venda de importados sofre retração de 14% em setembro

  1. Home
  2. Bolso
  3. Venda de importados sofre retração de 14% em setembro
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- As empresas filiadas à Abeiva - Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores fecharam o 3º trimestre de 2005 com crescimento de 49,77% no varejo e de 57,79% no atacado, quando comparado ao mesmo período de 2004. no entanto, as vendas mensais têm mostra variação.

Em setembro, as seis marcas representadas pela Abeiva - BMW, Ferrari, Kia Motors, Maserati, Porsche e Ssangyong - comercializaram, no varejo, 436 unidades, 14,34% inferior ao mês de agosto, quando foram vendidos 509 veículos. No atacado, a queda foi menor: 475 unidades contra 519 carros, retração de 8,48%.

A ligeira queda de venda de carros importados em setembro, no entanto, não inibe a projeção da Abeiva de manter a estimativa de se alcançar 5.200 unidades em 2005. Segundo André Müller Carioba, presidente da entidade, "certamente vamos atingir os números de projeção de nossas associadas, mas ainda estamos longe dos resultados satisfatórios porque a comparação tem sido feita sobre bases muito frágeis de 2004, quando as vendas totais chegaram a 3.797 unidades". Carioba lembra que, em 2000, as seis marcas alcançaram 17.624 unidades, "portanto, em 2005 estaríamos atingindo apenas 31% do resultado obtido naquele ano".

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors