Vendas de carros novos em maio continuam críticas

Mês teve queda acentuada de 20,9% em relação a maio de 2015
  1. Home
  2. Bolso
  3. Vendas de carros novos em maio continuam críticas
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Maio foi mais um mês sofrível para a venda de veículos novos, com apenas 162.184 unidades emplacadas, o que significa uma queda de 20,9% em relação ao mesmo período do ano passado (204.979 unidades).

Já o aumento de 2,9% em relação a abril (157.158) não deve ser considerado, uma vez que maio teve um dia útil a mais. Assim, as vendas diárias, índice que revela com mais precisão o movimento do mercado, também caíram no mês passado: foram somente 7.723 veículos comercializados, contra 7.877 por dia em abril. Agora, o balanço do ano registra uma queda de 26,3%: é essa a retração de vendas de janeiro a maio em relação ao mesmo período do ano passado.

A Chevrolet se firma como líder, ficando em primeiro lugar mais uma vez em maio, com 27.754 emplacamentos e uma participação de 17,1%. A Fiat, em segundo, vendeu 23.750 carros e ficou com 14,6%, e a Volkswagen 21.297, com 13,1%. Foram vendidos este ano 784.802 carros e comerciais leves, contra 1.065.287 nos primeiros cinco meses do ano passado.

Na lista das dez marcas mais vendidas não há novidades. A Hyundai mantém a posição conquistada este ano entre as quatro maiores do mercado: vendeu 16.709 em maio e ficou com 10,3%, deixando pra trás Toyota (14.561 e 9%) e Ford (13.903 unidades e 8,6%). Renault, Honda, Jeep e Nissan, nesta ordem, completam a lista das dez mais vendidas. Peugeot e Citroën saíram definitivamente da lista das dez mais: ficaram em 11º e 12º lugares, respectivamente. A seguir aparecem as alemãs de luxo: Mercedes-Benz, BMW e Audi.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors