Volkswagen Amarok fica 3% mais cara

Todas as versões da picape média feita com câmbio automático estão na casa dos R$ 200 mil

  1. Home
  2. Bolso
  3. Volkswagen Amarok fica 3% mais cara
Renan Rodrigues
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Volkswagen Amarok está mais cara em todas as suas versões. Os reajustes são de até R$ 6.898.  Agora, a picape média importada da Argentina parte de R$ 144.090 e chega aos R$ 234.890. O reajuste médio foi de quase 3% para todas as configurações.

A única configuração em que o motor tem apenas uma turbina, a S cabine simples com câmbio manual, saiu dos R$ 139.950 para R$ 144.090, o que significa um reajuste de R$ 4.140.

Na versão SE, ainda com cabine simples, mas com motor biturbo para entregar 180 cv, o preço agora é de R$ 182.690 após aumento de R$ 5.360. O câmbio também é manual de seis marchas.

A partir da Comfortline, a transmissão passa a ser automática, mas os valores chegam à casa dos R$ 200 mil. Para ser mais exato, após aumento de R$ 5.778, o preço de tabela é de R$ 199.990. A Highline foi reajustada em R$ 6.299 e é tabelada em R$ 217.390.

Versões V6

Nas versões mais potentes, com motor 3.0 V6 de 225 cv (que ainda não foi atualizada para a nova potência), os preços são de R$ 222.890 na Highline, que subiu R$ 6.499, e de R$ 234.890 na topo de linha Extreme, que está R$ 6.898 mais cara.

Confira os novos preços da linha Volkswagen Amarok

S CS 2.0
R$ 144.090
SE CS 2.0 biturbo
R$ 182.690
Comfortline CD 2.0 biturbo AT
R$ 199.990
Highline CD 2.0 biturbo AT
R$ 217.390
Highline CD 3.0 V6 AT
R$ 222.890
Extreme CD 3.0 V6 AT
R$ 234.890
Comentários