Como fazer a manutenção do teto-solar do carro

Equipamento merece cuidado e revisão periódica para funcionar perfeitamente e não causar vazamentos na cabine

  1. Home
  2. Graxa
  3. Como fazer a manutenção do teto-solar do carro
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Sinônimo de esportividade - e até de certo status -, o teto-solar é um item já usual, mesmo em modelos compactos atualmente. Mas o equipamento também se modernizou. Da antiga manivela para abrir a janela panorâmica, hoje o item se vale de comandos elétricos, vedações eficientes, forros e vidro com tratamento térmico.

Por ser mais complexo, requer atenção periódica por parte do dono do veículo. Seja no tratamento das borrachas ou na inspeção do sistema de abertura e fechamento, a revisão constante do equipamento evita problemas futuros, como infiltrações na cabine ou travamento do sistema. Veja como fazer a manutenção do teto-solar do carro

Limpeza

Toda vez que for lavar o automóvel, não esqueça de dar uma guaribada no conjunto do teto-solar. Recolha o vidro e limpe as borrachas de vedação com um pano úmido com água e sabão neutro, por fora e por dentro do carro. O acúmulo de sujeira pode danificar o sistema.

Teto-solar é limpo com um pano
icon photo
Legenda: Limpeza da peça é fundamental para o bom funcionamento e manutenção do teto-solar

O vidro deve ser limpo também com água e sabão neutro, ou com limpa-vidros próprio para automóveis. Seque bem as peças. Depois, faça uma leve lubrificação com produto específico vendido em lojas de autopeças - graxa ou substâncias abrasivas vão ressecar a borracha e causar defeitos na janela.

Abre e fecha

Evite acionar o teto-solar com o carro em andamento, pois a resistência do ar força as engrenagens que fazem a peça abrir e fechar - pode até entortar alguns componentes. Se for inevitável, faça a operação com o veículo, no máximo, a 40 km/h. Caso o sistema de abertura e fechamento seja de duplo estágio, opere um por vez.

Procure também não acionar o equipamento em pisos muito irregulares ou paralelepípedos. A vibração afrouxa as porcas e parafusos do conjunto. E se você pensa em tirar uns elos do seu carango, saiba que teto-solar em carro rebaixado costuma dar muto problema justamente pelo excesso de trepidação.

Entupimento

Fique atento a folhas de árvores e outras sujeiras que possam entrar nas canaletas de escoamento de água e entupi-las. Isso pode ocasionar infiltrações e vazamentos no forro do teto da cabine.

Parte elétrica

A revisão elétrica periódica do veículo evita surpresas desagradáveis. Verifique sempre cabos e fiações, e veja se os comandos de abertura e fechamento do teto ocorrem de forma progressiva, sem pausas ou travamentos.

Revisões periódicas

O Manual do Proprietário de carros com teto-solar prevê a inspeção da peça, geralmente a cada revisão de 10.000 km ou a cada ano. Depois de deixar o carro na concessionária para manutenção periódica, verifique se o serviço foi feito.

Oficinas especializadas

Há muitas lojas especializadas em manutenção do teto-solar, que desmontam a peça para verificação e limpeza de todo o sistema. O serviço custa, em média, entre R$ 300 e R$ 600 - pode variar de acordo com o modelo do carro e o tipo de teto. Recomenda-se fazer a vistoria do conjunto uma vez ao ano.

Consertos

Lembre-se que o conserto do teto-solar costuma ser caro. Um reparo no sistema pode custar de R$ 1 mil até R$ 10 mil, conforme o modelo do veículo.

Comentários