Cuidados com o líquido de arrefecimento do carro

Muitas pessoas acham, erradamente, que apenas água é suficiente. Sem aditivo, sistema pode sofrer corrosão

  1. Home
  2. Graxa
  3. Cuidados com o líquido de arrefecimento do carro
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Sistema de arrefecimento. Apesar do nome esquisito, ele é o responsável por manter a temperatura do motor em uma faixa ideal de funcionamento. Desta forma, o motor funciona da maneira correta e evita-se problemas mais graves, como a queima da junta do cabeçote, por exemplo.

Acontece que, ao contrário do que muita gente pensa, água apenas não é o suficiente para abastecer o sistema. Apesar de ser o elemento principal, substâncias presentes nos aditivos são necessárias para ajudar no funcionamento correto do conjunto.

Check And Fill Car Coolant
icon photo
Legenda: Água pura pode causar corrosão em algumas peças do sistema do líquido de arrefecimento
Crédito: iStock

Comumente oferecidos pelo frentista do posto de gasolina durante o abastecimento, os aditivos são ideais para manter limpo e em bom funcionamento o sistema de arrefecimento.

Validade

Recomendados pelos fabricantes, os aditivos de radiador devem ser usados sempre. E trocados, em média, a cada 30 mil quilômetros ou um ano - os prazos constam no Manual do Proprietário.

Entre as vantagens, os aditivos se destacam por aumentar o ponto de ebulição e diminuir o ponto de congelamento da água, o que ajuda a manter na temperatura ideal o sistema de arrefecimento. Com isso, a água não congela (o que pode provocar trincas e fissuras no radiador) e as peças ficam protegidas da corrosão.

Comentários