Entenda o que é torque e a diferença para potência

Saiba mais sobre o que é esse dado de força do motor e o que ele muda na performance do carro

  1. Home
  2. Graxa
  3. Entenda o que é torque e a diferença para potência
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Ao pesquisar por um veículo, seja um lançamento ou algum modelo que esteja interessado, você já deve ter se deparado com a sigla kgf.m e sabe que ela está interligada com o torque do carro, certo? Mas, de fato, o que é torque?

Além dessa questão, outras dúvidas permeiam sobre o assunto. Qual o significado da sigla kgf.m? Existe diferença entre torque e potência? Um é mais importante que o outro? Para saber as respostas, confira aqui no WM1.

O que é o torque do motor?

O torque é a relação entre uma força aplicada e a distância do movimento gerado. De maneira mais complexa, é possível que você já tenha aprendido sobre o assunto nas aulas de física. Para ajudá-los, vamos explicar sobre o também conhecido quilograma-forma metros (kgf.m) de um jeito mais simples.

No seu carro, o torque do motor é o responsável por gerar a energia para ele começar a se mover. Ou seja, sem torque, o veículo não tem força o suficiente para sair do lugar e começar a se movimentar. Ele é, portanto, muito mais do que uma sigla ou termo complicado.

Como funciona o torque do motor?

Na prática, o torque funciona no motor por meio da força gerada para tracionar as rodas, após a queima da mistura de combustível e ar dentro dos cilindros. Depois da combustão, os pistões são empurrados e começam a se mover e girar o virabrequim.

Essa rotação e toda a força aplicada nela é o que faz as rodas girarem. E o torque do motor é exatamente todo esse processo dentro de cada veículo. Agora, ao entender como funciona o torque do motor, você se pergunta: se a lógica é a mesma para todos os automóveis, por que o valor do torque muda de um para outro?

Quanto mais pesado o carro, mais torque deve ter!

O torque muda de veículo para veículo devido à relação entre o tamanho e peso. Ou seja, em um modelo menor e mais leve, teoricamente não há necessidade de muito torque, já que não será necessário muita força para fazer as rodas girarem.

Já em veículos grandes e pesados, como caminhões, ônibus e maquinários agrícolas, o torque deve ser proporcional.

Para entender melhor, um ciclista e a sua bicicleta seguem a mesma lógica com as marchas.

A força que o torque transmite ao virabrequim, equivale ao esforço das nossas pernas ao pedalar para a bicicleta sair do lugar. Para facilitar os primeiros movimentos da bike, as marchas mais leves são utilizadas, enquanto as mais pesadas entram na hora de ganhar velocidade.

Motor do Volkswagen T-Roc R
icon photo
Legenda: Apesar de muita gente confundir torque com potência, tratam-se de medidas diferentes

Qual a diferença entre torque e potência?

Pode parecer que não, mas muitas pessoas acabam confundindo a relação de torque e potência a ponto de imaginar que ambos são um só. Mas já mostramos que não são iguais. Para não repetir as aulas de física que tivemos no período de escola, falaremos sobre a diferença entre torque e potência com exemplos no esporte.

Um atleta de levantamento de peso, conhecido como halterofilismo, necessita de muita força para ser capaz de tirar a barra do chão e levantá-la. Essa força equivale ao torque.

Já um atleta de corrida, em uma competição de 100 metros rasos, precisa de potência ao extremo para se manter em alta velocidade na competição.

Para entender na prática, de maneira simples, faça a seguinte experiência em seu próprio carro. Em um lugar seguro, pise fundo no acelerador do veículo: a impulsão que te faz ir para trás e grudar no banco por conta da arrancada é o torque, e o tempo que se manteve ali, em alta velocidade, é o resultado da potência.

Qual é mais importante: torque ou potência?

Depois de entender mais sobre essas duas medidas de um veículo, outra dúvida muito comum entre as pessoas é sobre qual dos dois seria mais importante no dia a dia. Bom, depende muito do objetivo do seu veículo, e vamos explicar o porquê.

Imagine-se dono de uma fazenda, com diversos hectares de produção agrícola. Nesse cenário, você irá precisar de uma máquina especializada, certo? Pois bem, ela deverá ter o máximo possível de torque, já que é necessário muita força para se movimentar nos terrenos de plantação. A potência, no entanto, pode ser menor, pois esses são veículos lentos.

Agora, imagine-se sendo um piloto numa corrida. Para ser competitivo, é necessário que o veículo tenha o máximo de potência possível, pois o objetivo é atingir altas velocidades. Em compensação, o torque passa a ser menos importante, porque depois que o carro se move, ele tende a ser menor — sendo o suficiente para boas arrancadas apenas.

Por fim, para a maioria das pessoas que apenas utilizam veículos comuns em seu dia a dia, o ideal é haver um equilíbrio entre o torque e a potência. Assim, o carro deverá ter a força necessária (torque) para subidas íngremes ou terrenos argilosos e velocidade (potência) para as estradas.

Conheça mais sobre o universo automotivo

Depois de entender mais sobre o que é torque do motor, sua importância e a diferença para a potência, compare os veículos com as informações técnicas do nosso Catálogo 0 Km. Com conteúdos únicos, aqui na Webmotors você se mantém atualizado sobre os seus modelos favoritos e as principais novidades do setor em um só lugar.

Comentários