Acumulado do ano é o melhor da história

De janeiro a maio de 2008 foram vendidas os melhores volumes da história do mercado de veículos comerciais. Maio bateu o recorde de vendas e produção
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Acumulado do ano é o melhor da história
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Segundo a Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores – o mês passado foi o melhor maio da história da indústria de caminhões, em vendas e produção. Foram vendidas 10.479 unidades aumento de 28,1% em relação ao mesmo mês, mas de 2007, e 12.959 veículos produzidos, incremento de 9,8%, respectivamente. Além disso, os acumulados de vendas e produção dos primeiros cinco meses do ano também são os melhores da história 50.045 e 62.751.

Esses fatores foram suficientes para a indústria como um todo continuar imaginando quebras e mais quebras de recordes até o final do ano. “Faço um balanço positivo dos primeiros cinco meses do ano. Vendemos mais de um terço a mais de caminhões do que no ano passado. Esse aumento é um reflexo de quanto o Brasil está crescendo. Esses recordes são importantes para a nossa indústria, sem dúvida”, afirma Jackson Schneider, presidente da Anfavea.

Números

O total de licenciamentos atingiu 9.625 caminhões, queda de 10,5% em relação a abril, mas crescimento de 28,9% no comparativo aos cinco primeiros meses de 2008 contra 2007. Nos ônibus, foram licenciados 2.157 chassis, retração de 3% em relação a abril, porém incremento de 14% em comparação ao acumulado do ano passado.

A produção no mês de maio foi de 12.959 caminhões – quase 5% menor do que em abril e 28,6% maior se levado em conta os primeiros meses deste ano contra os de 2007. Por outro lado, foram produzidos 3.578 chassis de ônibus no mês passado, queda de 3% no comparativo com abril. No acumulado, foram produzidos 16.995 chassis contra 14.274 de 2007.

Nas exportações, contando veículos montados e kits, os sorrisos amplos dos executivos do setor nos outros quesitos, sumiram. Quedas e mais quedas. Nos caminhões, foram exportadas 3.230 unidades – retração de 1,2% em relação a abril e de 1,8% no acumulado. No mercado de ônibus, seguiram para os portos 34,2% menos chassis do que em abril 1.095 contra 1.664.

A única boa notícia fica apenas no acumulado. Nos cinco primeiros meses de 2008, foram embarcadas 6.021 unidades contra 5.409 do ano passado.



Leia também:


Vendas de caminhões crescem 40,1% no primeiro trimestre

Emplacamentos de caminhões crescem 28% no primeiro trimestre

TMD aposta no sucesso da lona de freio NABK-142

Fabricantes de implementos mostram a linha 2008

Fras-le aumenta leque de produtos

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors