Audi se rende aos três cilindros com o A1

Novo motor de entrada do hatch é o primeiro da história da marca com este perfil
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Audi se rende aos três cilindros com o A1
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Quem se apega aos detalhes verá muitas mudanças no facelift do Audi A1. Grades, faróis, lanternas e novas combinações de pintura para a carroceria são facilmente perceptíveis. Outras novidades são o comprimento dois centímetros maior do veículo, que agora mede 3,98 metros, além de novos motores – pela primeira vez a marca oferece um conjunto com três cilindros.

O novo propulsor 1.0 TFSI tem 97 cv e consome apenas 4,3 litros de gasolina a cada 100 quilômetros rodados.  A marca também elaborou um tricilíndrico a diesel. O bloco tem 1,4 litro e emana 92 cv. São oferecidas ainda outras quatro alternativas de motores, que tem como topo de linha um 2.0 de 234 cv. Disponível somente para as versões esportivas S1 e S1 Sportback, o bloco empurra o carro aos 100 km/h em 5,8 e 5,9 segundos, respectivamente.

Todas as versões podem ser alinhadas à transmissão S tronic de dupla embreagem e sete velocidades.

Visualmente falando, o A1 ganhou frente mais parecida com o cupê esportivo TT por conta dos faróis e entradas de ar, mas a base do para-choque tem desenho único. Chama atenção ainda a reformulada caixa de rodas que pode ter de 15 a 18 polegadas.

Em termos de tecnologia, a maior atração fica por conta de um sistema que permitirá acessar à internet via Wi-Fi.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors