Bentley e Rolls-Royce se separam nos próximos meses

BMW assumirá os direitos de uso da marca Rolls-Royce
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Bentley e Rolls-Royce se separam nos próximos meses
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

-
Depois de 71 anos juntas, as marcas Bentley e Rolls-Royce anunciaram que irão se separar dentro de alguns meses. A partir do início de 2003, a marca Rolls-Royce torna-se parte da BMW AG. A marca Bentley, pertencente à Volkswagen AG, permanecerá em Cheshire, Reino Unido.

Em 5 de junho de 1998, foi divulgado o anúncio de que a Volkswagen AG, que fez a oferta mais alta, 430 milhões de libras, havia vencido a concorrência com a BMW AG, que ofereceu 340 milhões de libras pela empresa, e assumiria a Rolls-Royce Motor Cars Ltd. A decisão final foi adotada pelos acionistas da Vickers Plc, proprietária da Rolls-Royce Motors, numa assembléia geral extraordinária, na qual o presidente Sir Colin Chandler anunciou que 5,1 milhões de acionistas tinham votado a favor da Volkswagen AG e 109 mil contra.

Após a venda, foi necessário lidar com a questão do nome Rolls-Royce. A marca pertencia até então à empresa Rolls-Royce Plc, o grupo de motores de avião que tem fortes vínculos comerciais com a BMW e que havia dado seu apoio à oferta da marca bávara. Na verdade, a empresa em Crewe nunca tinha sido proprietária desses direitos e desde 1971 vinha operando sob licença da Rolls-Royce Plc. O resultado negociado final, com o qual todas as partes concordaram, foi que a BMW iria adquirir os direitos do nome Rolls-Royce e outras marcas registradas associadas à Rolls-Royce, inclusive a Spirit of Ecstasy. Além disso, a BMW iria continuar a fornecer motores e outros componentes à Bentley e Rolls-Royce em Crewe.

A partir de janeiro de 2003, os veículos Rolls-Royce serão montados pela BMW em outra localidade.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors