Cirino vence a segunda consecutiva

Paranaense já havia vencido em São Paulo. Com a nova vitória, se aproximou do líder e companheiro de equipe, Geraldo Piquet
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Cirino vence a segunda consecutiva
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Wellington Cirino subiu mais uma vez ao primeiro lugar do pódio na F-Truck. Foi o primeiro piloto a conseguir o feito, já que nas outras cinco etapas anteriores a vitória foi conquistada por diferentes campeões. Com a vitória, na sexta etapa realizada em Londrina, Cirino subiu para 92 pontos. Geraldo Piquet, que chegou em 16º num final de semana terrível para o líder, se manteve na ponta da classificação, agora com 98 pontos.

Cirino venceu de ponta a ponta. Não teve pra ninguém. O piloto já havia conquistado a pole, num circuito traumático. Foi neste mesmo percurso que ele sofreu um grave acidente. Apenas em 2008, que Cirino voltou a ser competitivo na F-Truck. Durante a prova, o paranaense não teve trabalhos para se manter na ponta.

Geraldo Piquet só teve a reclamar da etapa de Londrina. Piquet largou em 23º porque não participou da tomada de tempo do sábado após sofrer um acidente a mais de 170 km/h quando derrapou e bateu forte com o Volvo de João Maistro.

Piquet fez uma prova de recuperação e cruzou a linha de chegada em quinto subindo ao pódio apesar da punição pelo excesso de velocidade no radar. No final da prova ele recebeu a notícia de uma nova punição por ter ultrapassado a velocidade nos boxes justamente quando cumpria a primeira punição passando pelos boxes. Caiu na classificação geral de quinto para a 16ª posição.

“O Geraldo sabia que ia ter que pagar o drive thru e me tirou da prova intencionalmente. O dia que morrer alguém em um acidente sério a organização vai tomar uma providência”, disse Zappelini inconformado por ter recebido o documento que dava como improcedente sua reclamação.

Durante a transmissão da TV Bandeirantes foi possível ler os lábios de Zappelini e perceber que o piloto estava bem mais furioso com o filho de Nelson Piquet. A lista de xingamentos foi longa diante das câmaras. Zappelini chegou a ser contido pelos organizadores.

Com a desclassificação de Piquet, Djalma Fogaça Ford passou a ser o quinto colocado na prova. Completaram o pódio de Londrina, Valmir Benavides em segundo e Felipe Giaffone em terceiro, os dois pilotos da RM Competições Volkswagen e Roberval Andrade Scania em quarto. No campeonato de marcas, a Mercedes-Benz continua em primeiro lugar com 207 pontos, dois a mais do que a Volkswagen.

Classificação da prova após 25 voltas: 1 Wellington Cirino, PR Mercedes-Benz; 2 Valmir Benavides, SP Volkswagen; 3 Felipe Giaffone, SP Volkswagen; 4 Roberval Andrade, SP Scania; 5 Djalma Fogaça, SP Ford; 6 Pedro Muffato, PR Scania; 7 Beto Monteiro, PE Scania; 8 Débora Rodrigues, SP Volkswagen; 9 Fred Marinelli, PR Iveco; 10 Adilson Cajuru, PE Iveco; 11 Renato Martins, PR Volkswagen; 12 Vinicius Ramires, SP Mercedes-Benz; 13 Vignaldo Fizio, SP Mercedes-Benz; 14 Regis Boessio, RS Volvo; 15 José Cangueiro, SP Mercedes-Benz; 16 Geraldo Piquet, DF Mercedes-Benz; 17 Adalberto jardim, SP Iveco; 18 Leandro Totti, PR Ford; 19 Diumar Bueno, PR Volvo; 20 Gaston Mazzacane, AR Mercedes-Benz; 21 José Maria Reis, GO Volkswagen; 22 Jonathas Borlenghi, PR Ford e 23 Fabiano Brito, PR Volvo.
Não completou a prova: Leandro Reis, GO Volkswagen – 13 voltas.


Leia também:

F-Truck: Mercedes-Benz prepara novidades em Interlagos

Beto Monteiro, pilotando um Scania, leva o primeiro troféu do ano

Morre o criador da Fórmula Truck

Mecânicos da Fórmula Truck: profissionais das supermáquinas

Iveco volta à Fórmula Truck

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors