Classe E Cabrio em Detroit para assumir o posto do CLK

Com lançamento na Europa agendado para o primeiro semestre de 2010, modelo exibe uma carroceria repleta de charme
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Classe E Cabrio em Detroit para assumir o posto do CLK
Auto Press
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A gama Mercedes Classe E vai ficar completa com a adição da nova versão cabriolet. Com apresentação oficial confirmada para o Salão de Detroit – nos Estados Unidos – deste mês de janeiro, o modelo herda a boa base mecânica da configuração cupê e acrescenta novas tecnologias para permitir uma condução a céu aberto nas melhores condições.

Com lançamento na Europa agendado para o primeiro semestre de 2010, o Classe E Cabriolet exibe uma carroceria repleta de charme, que sobressai pela fluidez das linhas e pela tradicional, embora elegante, capota de lona. Com o benefício das motorizações do já conhecido Classe E Coupé, o Cabrio chama a atenção pelos padrões de segurança, com soluções nunca antes vistas em um modelo da marca alemã.

A começar pela parte externa, o Classe E Cabriolet tem no seu design um trunfo impossível de não ser notado. O modelo é simplesmente irresistivel qualquer que seja o ângulo, e seduz pela sua frente que parece mergulhar, pela traseira clássica e imponente e pelo elegante perfil curvilíneo. A capota de lona é integrada de forma natural à carroceria, com fluidez e equilíbrio. O processo de abertura e fechamento da capota é totalmente automático e demora apenas 20 segundos, podendo ser efetuado em velocidades de até 40 km/h. Quando recolhida, a capota fica guardada em um compartimento na parte traseira, isolado do porta-malas através de uma cobertura retrátil, que desliza para dentro do porta-malas quando a capota está recolhida. O que permite adicionar mais 90 litros à capacidade da bagageiro, totalizando 390 litros.

Mas a grande inovação deste cabriolet é sistema chamado "aircap". Ele utiliza um difusor localizado entre os dois bancos traseiros e se junta a um outro difusor que se ergue das molduras do para-brisas, até uma altura de 6 cm.

Tudo para isolar o habitáculo de turbulências e ruídos aerodinâmicos. Forma uma espécie de barreira de vento que pode ser ativada em velocidades próximas dos 160 km/h. Os ocupantes podem contar ainda com outro sistema chamado "airscarf" – algo como "cachecol de ar".

Incorporado nos encostos de cabeça, ele serve para aquecer as nucas e pescoços do motorista e passageiro. Além disso, a capota em lona tem um revestimento acústico especial que, segundo a marca alemã, permite manter uma conversação em tom normal no habitáculo mesmo a velocidades acima dos 200 km/h. O Classe E Cabrio também é o conversível mais aerodinâmico do mundo, com coeficiente aerodinâmico de 0,28 Cx.

Os padrões de segurança do Classe E Cabriolet foram incrementados com a introdução de vários reforços na coluna A e de arcos anticapotamento, localizados atrás do encosto de cabeça traseiros. A versão é também o primeiro cabriolet da Mercedes equipado com airbags de cabeça. Ao todo, são sete airbags de série, bem como os tradicionais dispositivos eletrônicos.

Nas versões mais equipadas são inclusos ainda os sofisticados sistemas "Attention Assist" e o "Pre-Safe". O primeiro detecta o cansaço do motorista e o alerta para não dormir ao volante.

Já o "Pre-Safe" ajusta os limitadores de força dos cintos e regulando os bancos em caso de uma colisão. A gama de motores inclui cinco opções.

Serão duas unidades a diesel: a 250 CDI de 204 cv e a 350 CDI de 231 cv. Os propulsores a gasolina são os E250 CGI de 204 cv, E350 CGI de 292 e o poderoso E500 de 388 cv.

Nelson Oliveira da AutoMotor/Portugal – especial para AutoPress

_________________

Twitter
_________________

Gosta de cupês, cupês cabriolet e roadsters?

Então veja aqui em nossos estoques a melhor oferta entre os modelos citados nessa reportagem:

Volvo C70

Mazda MX-5 Miata

Peugeot 206 CC

Peugeot 307 CC

Mercedes-Benz SLK 350

BMW 330 Ci

Leia também:

Mercedes-Benz Classe E Cabrio estreará no Salão de Detroit

AC Schnitzer ACS3, o diesel mais veloz do mundo

Ferrari P540 Superfast Aperta foi feito sob medida. De fábrica

Alfa Romeo apresenta o substituto do 147, o Giulietta

Audi A8 chega a sua terceira geração com oito marchas

Sem grandes mudanças, Porsche lança sétima geração do 911 Turbo

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors