Diesel tenta quebrar recorde de velocidade

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Diesel tenta quebrar recorde de velocidade
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Os motores a diesel estão muito assanhados, ultimamente. Primeiro, o do Audi R10 ganhou as 12 Horas de Sebring e pretende fazer história em Le Mans leia a matéria aqui. Agora, um outro, produzido pela JCB, quinta maior fabricante de equipamentos de construção do mundo, tentará bater o recorde de velocidade para veículos a diesel no circuito de Bonneville, em Utah. Um não. Dois.

Eles equiparão o Dieselmax, um bólido de 9,09 m de comprimento que pretende ultrapassar os 480 km/h. O recorde atual pertence ao Thermo King Streamliner, dirigido por Virgil W. Snyder em 25 de agosto de 1973, que atingiu 379,413 km/h.

A quebra do recorde será a melhor maneira de a empresa demonstrar as qualidades de seu motor, o JCB 444, o primeiro que a fábrica se arrisca a produzir. Com volumes anuais de 30 mil a 40 mil escavadeiras, tratores e assemelhados, dizia-se que fabricar um motor daria prejuízo, visto que só compensaria produzi-lo se ele tivesse a demanda de mais de 100 mil unidades por ano. Se o JCB quebrar o recorde, diversas empresas encomendarão o novo motor, o que suprirá essa lacuna.

Essa usina de força tem quatro cilindros e 1.100 cm³ de capacidade em cada cilindro, daí a denominação 444. Os que serão utilizados foram ampliados para 5.000 cm³, com dois turbos e dois sistemas de refrigeração do ar intercoolers cada um. A alimentação cabe a uma injeção por galeria única de alta pressão 1.600 bar, ou common rail. Os números de desempenho são assustadores: 761,4 cv a 3.800 rpm, o que o tornaria o motor a diesel com a maior potência específica do mundo, e 152,97 kgm de torque a 2.000 rpm!

A curiosidade é que o tanque de combustível é menor que o tanque de refrigeração. Para o primeiro, bastam nove litros. Para o segundo, são necessários 180 litros de gelo. Cada motor tem uma transmissão especialmente feita para ele, de seis velocidades. Toda essa parafernália fez com que o carro pesasse bastante para quem quer quebrar um recorde. São 2.700 kg, apesar de o carroceria ser de fibra de carbono.

O responsável por conduzir o Dieselmax ao sucesso será um homem que entende do riscado, Andy Green. Em 15 de outubro de 1997, no deserto Black Rock, ele chegou a 1.227.986 km/h com o ThrustSSC. Foi o primeiro homem a quebrar a barreira do som em terra firme. Se ele conseguirá levar os 2.700 kg do Dieselmax a mais de 480 km/h é algo que só a superfície lisa de Bonneville poderá decidir. Aguardem a resposta para agosto deste ano.
_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors