Dodge ZEO Concept conjuga esportividade e eletricidade

Totalmente elétrico, modelo lembra o Fisker Karma, tem ótima autonomia e vai de 0 a 100 km/h em 5,7 s
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Dodge ZEO Concept conjuga esportividade e eletricidade
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A Dodge mostrou no Salão de Detroit que, na nova fase, separada da Mercedes-Benz, continua com vontade de acelerar, tanto em termos de vendas quanto ambientais. Poucos veículos seriam tão bons para simbolizar essa intenção quanto o ZEO Concept.

Totalmente elétrico, o modelo lembra um bocado o desenho do Fisker Karma, sedã que já tem inclusive data para começar a ser vendido: final de 2009, por US$ 80 mil. O ZEO, sigla de “Zero Emission Operation”, ou operação com nenhuma emissão, não conta com a mesma sorte e deve continuar a ser apenas um conceito, contrariando a tradição das marcas da Chrysler em levar para o mercado rapidamente aquilo que apresentam em salões.

Bem que poderia ser diferente. Apesar de utilizar baterias, o ZEO pesa muito pouco, apenas 1.202 kg, o que o torna um esportivo extremamente interessante, especialmente quando se sabe que ele tem um motor elétrico capaz de gerar 272 cv impulsionando as rodas traseiras. O tempo que ele leva para ir de 0 a 100 km/h é de apenas 5,7 s. É melhor do que o dos veículos da marca com motor V8 Hemi.

A velocidade máxima, como acontece com a maioria dos veículos elétricos, não chega a ser impressionante, mas está muito acima do que qualquer estrada normal permite fora as autobahnen alemãs: 210 km/h.

A melhor parte da história, com o ZEO, é que suas baterias dão a ele uma autonomia mínima de 400 km. Em suma, com este esportivo conceitual daria para fazer uma viagem razoavelmente longa sem ter de parar para recarregar. É possivelmente por isso que não há um pequeno motor a combustão neste modelo. Só as baterias de íons de lítio já dão conta do recado.

Com 4,39 m de comprimento, 1,29 m de altura, 1,74 m de largura e 2,79 m de entreeixos, este bicho ambientalmente correto tem patas respeitáveis, de aro 23”. Os pneus dianteiros são 225/40 R23 e os traseiros, 255/40 R 23.

Apesar de esportivo, definido pela Dodge como um 2+2, o ZEO Concept tem quatro portas-tesoura as da parte de trás abrem ao contrário, o que deixa o carro sem uma coluna B e melhora o acesso ao interior. Com 2,79 de entreeixos, imagina-se que os quatro passageiros de um hipotético ZEO de série teriam espaço para esticar as pernas, dentro do carro.

Por falar em interior, a cabine inteira tem um desenho que lhe dá o aspecto sólido, como se ele tivesse sido esculpido em uma peça só. A sensação de segurança, em um ambiente assim, é imensa, o que, em se tratando de um esportivo, é mais do que desejável. Confiança na máquina é parte imprescindível do pacote.

O painel de instrumentos, digital, combina com a proposta do carro e é facilmente visualizável pelo uso de um volante de apenas dois raios. Assim como no Citroën C4 Pallas, o centro do volante é fixo. Apenas o aro tem movimento, o que é apontado, tanto pela Citroën quanto pela Dodge, como um importante aliado no acionamento do airbag. Seu comportamento se torna mais previsível. As aletas atrás do volante comandam o rádio, uma vez que, no ZEO, não há marchas ou câmbio.

Seja produzido em série ou não, o ZEO mostra que já existe a possibilidade de utilizar veículos puramente elétricos no futuro para o transporte cotidiano. O que ainda falta resolver é o valor das baterias e de onde sairá a energia elétrica para recarregar os carros. Se a fonte for poluente, o benefício pode não ser o que se espera.

Gosta de sedãs esportivos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

BMW M5

Jaguar S-Type R

Maserati Quattroporte

Mercedes-Benz E 55 AMG

Leia mais sobre o Salão de Detroit:

Ford Edge

Toyota Venza

O terceiro dia do Salão de Detroit

Ford F-150

Fisker Karma

Ferrari F430 Spider Biofuel

Honda Pilot Prototype

Rick Wagnoner analisa o futuro e faz aposta no etanol

Dodge Ram 2009

VW Passat CC

Audi R8 V12 TDI

Ford Verve Concept

Audi TTS, a nova versão do carro mais bonito do mundo

Toyota A-BAT, a picape conceito para Detroit

Buick Riviera: a evolução das portas asa-de-gaivota

Cadillac mostra sua versão do Chevrolet Sequel, o Provoq

Ford Explorer America, conceito próximo da realidade

Mazda Furai quer levar a marca de volta a Le Mans

Vision GLK, uma prévia do futuro utilitário da Mercedes

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors