Emplacamentos de caminhões caem 11,3%

Índice representa a comparação entre maio e abril. Mas, de janeiro a maio de 2008, foram emplacadas 10.440 unidades a mais do que em 2007.
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Emplacamentos de caminhões caem 11,3%
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Da mesma forma que as vendas de caminhões no atacado tiveram uma pequena queda, na comparação entre maio e abril, o varejo também não obteve um mês positivo. A queda no período foi de 11,3% nos emplacamentos, registrados pelo Renavam – Registro Nacional de Veículos Automotores. Foram registradas 9.909 unidades, contra 11.173 de abril. Mas, no acumulado do ano versus 2007, houve crescimento de 28,59%.

De janeiro a maio deste 2008 foram emplacadas 46.951 unidades. No mesmo período do ano passado, o volume chegou a 36.511 caminhões. No comparativo entre maio de 2008 com o mesmo mês do ano passado, os emplacamentos cresceram 12,8%.

De acordo com Sérgio Reze, presidente da Fenabrave – Fcaptionação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a queda nas vendas foi motivada pela menor quantidade de dias úteis. “Houve também tendência de acomodação do mercado, que já tendia a se estabilizar, pois o ritmo estava muito acelerado. A queda nos emplacamentos não deve impactar em nossas projeções. O mercado total, incluindo automóveis, deverá crescer entre 19% e 20%”, afirma.

“Do contra”: ônibus crescem

Se nos caminhões os emplacamentos caíram de abril para maio, no mercado de ônibus a maré foi melhor. Na comparação entre os dois meses, o número de chassis emplacados atingiu 2.175 unidades, contra as 2.131 do mês anterior.

No volume do acumulado do ano, as boas notícias se mantêm. De janeiro a maio de 2008, foram emplacados 9.202 chassis. No mesmo período do ano passado, o patamar foi de 7.911. Crescimento de 16,3%.

Quem manda

Volkswagen e Mercedes-Benz continuam mandando no mercado de caminhões e ônibus, respectivamente, nos emplacamentos segundo a Fenabrave. De janeiro a maio, a Volks registrou 30,4% do total de pesados. O segundo posto foi ocupado pela rival alemã, que possui 30,1%. A Ford fecha o pódio dos três primeiros colocados 17%. Fecham o ranking, a Volvo na quarta colocação com uma participação de 7,7%. Na seqüência, Iveco 6,9% e Scania 6,4%.

Levando em conta apenas o mês de maio, as marcas se posicionam desta forma: Volkswagen 30,4%, Mercedes-Benz 30,3%, Ford 16,9%, Volvo 8,07%, Scania 6,8% e Iveco 6,2%.

No setor de ônibus, quem continua mandando é a Mercedes-Benz com 48,2%. Em segundo, está a Volkswagen 26,7%. Fechando o ranking, a Marcopolo manteve a terceira colocação com 14,1% dos emplacamentos. A gaúcha Agrale se posicionou em quarto 3,8%. Fecham as colocações, Scania, que somou 3,7% e os chassis Volvo representaram 1,6% dos emplacamentos do período.

No mês de maio, as montadoras se dividiram desta forma: Mercedes-Benz 52,5%, Volkswagen 26,5%, Marcopolo 12,9%, Agrale 3,6%, Scania 2,4% e Volvo 0,9%.


Leia também:

Emplacamentos de caminhões crescem 28% no primeiro trimestre

Emplacamentos de caminhões crescem 39,2% em fevereiro

Mês registra aumento de vendas de 42,6% nos caminhões e de 66,2%, nos ônibus

Mercedes-Benz deve ser a líder de vendas em 2007

Outubro registra recordes de número de produção e de licenciamentos

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors