Ferrari, Barrichello e Schumacher são multados em US$ 1 mi

Decisão se baseou em “falhas no protocolo do pódio” e põe fim às especulações.
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Ferrari, Barrichello e Schumacher são multados em US$ 1 mi
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

-
A FIA – Fcaptionação Internacional de Automobilismo – condenou a equipe Ferrari e os pilotos Michael Schumacher e Rubens Barrichello a pagar em conjunto multa de US$ 1 milhão pelo polêmico episódio ocorrido no Grande Prêmio da Áustria, dia 12 de maio. A punição foi dada fundamentada em "falhas no protocolo do pódio", e foi definida quarta-feira 26 em reunião do conselho da entidade.

Segundo justificou a FIA, "Schumacher pegou do chanceler austríaco o troféu do primeiro colocado, sem a autorização dele, passou a taça para Rubens Barrichello e então pegou o troféu de segundo lugar do presidente da Câmara dos Deputados da Áustria".

Essa decisão final encerra especulações sobre possíveis reações da entidade após o ocorrido. Chegou-se, inclusive, a cogitar que a vitória de Schumacher poderia ser anulada e Barrichello ser declarado vencedor. A FIA admitiu que não tinha base legal para tirar pontos dos pilotos.

Outra possibilidade cogitada seria retirar os pontos da equipe obtidos com o resultado, ou, ainda, bani-la de um grande prêmio.

A confusão se originou quando, a poucos metros da linha de chegada, e obrigado pela equipe, Barrichello abriu passagem para Schumacher vencer.

Os torcedores presentes no autódromo vaiaram a manobra. Schumacher ainda tentou consertar o “estrago” cedendo o lugar mais alto do pódio e o troféu de primeiro colocado ao piloto brasileiro.

"É uma decisão da equipe. Eu desejei que isso nunca acontecesse. Acabei de assinar um novo contrato de dois anos com a Ferrari. Mas acho que o vencedor da prova fui eu", comentou Barrichello depois do GP.


Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors