Ford terá Eco sem estepe e SUV chinês no Salão

Ford vai testar a receptividade ao Territory, possível rival do Compass; conceito antecipa Ka Sedan aventureiro

  1. Home
  2. São Paulo
  3. Ford terá Eco sem estepe e SUV chinês no Salão
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Ford apresentou para a imprensa especializada uma prévia das atrações que a marca vai apresentar ao público no Salão do Automóvel de São Paulo, cuja edição 2018 será realizada de 8 a 18 de novembro na capital paulista. Três SUVs serão destaque no estande da montadora: a inédita versão sem estepe na tampa traseira do EcoSport, na foto abaixo, que será lançada no país no primeiro semestre de 2019; e o Territory, utilitário esportivo de porte médio fabricado na China que está cotado para nosso mercado.

icon photo
Legenda: Opção sem estepe será exclusiva da versão Titanum, que vai trocar motor 2.0 pelo 1.5 e terá pneus 'run-flat'

Além disso, a Ford vai iniciar no Salão a pré-venda do Edge ST, versão esportiva do SUV grande equipada com motor 2.7 V6 Ecoboost biturbo de 335 cv, que será o primeiro modelo ST, que designa os carros mais esportivos da marca, a ser oficialmente vendido no país. O preço será anunciado durante o evento.

Para completar, a fabricante vai exibir no Salão do Automóvel uma versão conceitual do aventureiro Ka Freestyle com carroceria sedã, batizada como Ka Urban Warrior, e outros dois conceitos baseados na picape Ranger que, a exemplo do compacto, poderão vir a ser produzidas em série, a depender da aceitação do público (ou pelo menos apontar tendências para a picape no futuro): a Ranger Black, com pegada urbana e acabamento externo e interno predominantemente preto, e a Ranger Storm, com proposta off-road.

Não será dessa vez que a Ford trará ao Brasil a Ranger Raptor, versão fora-de-estrada de alta performance da picape média, porém a marca vai mostrar em seu estande a F-150 Raptor 2019, a "irmã maior", cuja versão anterior também apareceu no Salão do Automóvel anterior, em 2016. Essa última segue sem planos de venda oficial no país, porém há chances de configurações mais "mansas" da F-150 serem lançadas aqui no ano que vem - a Ford não se posiciona a respeito, mas já registrou imagens e patentes de componentes da picape grande no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), um indício de que ela pode estar chegando de fato.

Para completar, a fabricante vai mostrar no evento paulistano um protótipo de tapete que pode ser convertido em rampa de acesso para cadeirantes e outros modelos lançados aqui recentemente, como o Mustang GT (que terá uma unidade preparada com 1.000 cv de potência) e o Fusion Hybrid.

Na sequência, o WM1 mostra a você fotos e mais detalhes sobre os principais modelos da marca no Salão.

ECOESPORT SEM ESTEPE

icon photo
Legenda: Na Europa e nos EUA, EcoSport já é vendido exclusivamente sem o tradicional estepe na tampa traseira
Crédito: Divulgação

Na Europa e nos Estados Unidos, o EcoSport é vendido sem o estepe pendurado na tampa do porta-malas e, a partir do primeiro semestre do ano que vem, os brasileiros também vão contar com essa opção, restrita à versão de topo Titanium. Essa versão passará a ser oferecida apenas com o motor 1.5 Dragon flex de três cilindros de 137 cv - com isso, o propulsor 2.0 bicombustível com injeção direta de 176 cv passa a ser exclusivo da configuração Storm do SUV compacto.

icon photo
Legenda: Na versão Titanium, cliente poderá escolher se leva o Eco com ou sem estepe. Lançamento programado para o 1º semestre de 2019
Crédito: Divulgação

De acordo com Mauricio Greco, diretor de marketing da Ford, o cliente poderá escolher entre o Eco Titanium com e sem estepe na tampa do porta-malas. Na configuração sem o estepe, ele é substituído, de acordo com o executivo, por pneus "run-flat", capazes de rodar até 80 km mesmo perfurados, com a distância acrescida de 200 km com o uso de um kit de reparo a ser fornecido juntamente com o veículo, informa o executivo.

TERRITORY

icon photo
Legenda: Unidade do Territory exibida à imprensa e que estará no Salão tem faróis full-LED e espaço para cinco ocupantes

Oficialmente, a Ford diz que vai mostrar o Territory para testar a receptividade dos clientes, porém o SUV tem bastante potencial para ser vendido aqui. Com porte semelhante ao do Jeep Compass, o mais vendido da categoria no país, ocuparia a lacuna hoje existente entre o compacto EcoSport e o grande Edge na gama da montadora, que não divulgou as dimensões do Territory.

icon photo
Legenda: Lanternas traseiras do Territory são de LEDs também. Dimensões e capacidade do porta-malas ainda não foram divulgadas

Ele será lançado na China no início de 2019 com fabricação local. A unidade exibida na prévia à reportagem mostra potencial, exibindo linhas harmoniosas, faróis e lanternas de LEDs, espaço para cinco ocupantes e motor 1.5 turbo de três cilindros Ecoboost a gasolina, capaz de render 147 cv de potência.

icon photo
Legenda: O chinês Territory tem motor 1.5 turbo de três cilindros, cabine caprichada e vários assistentes à condução
Crédito: Divulgação

Fabricado no país asiático em parceria com local JMC (Jiangling Motors Corporation) com foco em mercados emergentes como o nosso, o Territory trazido ao país tem teto solar panorâmico, painel revestido de couro e madeira, "cluster" digital, ar-condicionado eletrônico com saídas de ar para o banco traseiro, seletor de modos de condução e assistentes como alerta de colisão com frenagem automática de emergência, farol auto automático, monitoramento de ponto cego, alerta de permanência na faixa, controle de velocidade de cruzeiro adaptativo e estacionamento semiautônomo.

EDGE ST

icon photo
Legenda: Edge será o primeiro modelo da divisão ST a ser vendido no Brasil. Nova versão, que substitui a convencional, tem 335 cv
Crédito: Divulgação

Pela primeira vez, a Ford venderá aqui um modelo ST, a divisão de alta performance da montadora. O Edge ST substitui a versão "civil" atualmente comercializada no Brasil, trocando o motor 3.5 V6 a gasolina aspirado de 284 cv pelo 2.7 V6 Ecoboost biturbo, com 335 cv de potência e excelentes 54,4 kgfm de torque, gerenciados pela transmissão automática de oito marchas, tração integral e ajuste esportivo das suspensões.

icon photo
Legenda: Traseira tem escapamento com ponteira dupla. Rodas de liga leve pretas têm 21 polegadas
Crédito: Divulgação

Além do motor mais forte e das suspensões mais rígidas, o Edge ST traz atualizações visuais como capô redesenhado e faróis de LEDs, mais elementos exclusivos da versão, como rodas de liga leve de 21 polegadas, saias laterais, escapamento com duas ponteiras (uma de cada lado) e grade dianteira maior. Por dentro, conta com bancos esportivos revestidos de couro e camurça e acabamento diferenciado no volante, na soleira das portas e no console central.

icon photo
Legenda: Interior do Edge ST tem acabamento predominantemente preto e conta com tecnologias avançadas de segurança
Crédito: Divulgação

A cabine traz, ainda, central multimídia Sync 3 com tela tátil de oito polegadas, nicho para carregamento sem fio de celulares, som premium B&O Play, da Harman-Kardon, e recursos de segurança como controle de velocidade de cruzeiro adaptativo que funciona inclusive em congestionamentos, alerta de colisão com pré frenagem, monitoramento de ponto cego e tráfego traseiro cruzado, farol alto automático, estacionamento semiautônomo e estacionamento semiautônomo.

KA URBAN WARRIOR

icon photo
Legenda: Ainda conceito, Ka Urban Warrior traz suspensões elevadas e o mesmo para-choque dianteiro do hatch Ka Trail
Crédito: Divulgação

O (ainda) conceito é para os clientes interessados no aventureiro Ka Trail, mas que fazem questão de um porta-malas maior. O sedã tem, a exemplo do Trail, suspensões elevadas, moldura plástica nas caixas de roda e nas portas, faróis com máscara negra, grade dianteira cinza e rodas de liga neve de 15 polegadas na cor cinza perolizada. Os para-choques dianteiros são, inclusive, idênticos aos do hatch Ka Trail.

icon photo
Legenda: Traseira do Ka Sedan aventureiro, ainda conceitual, traz faixa decorativa na cor preta fosca
Crédito: Divulgação

Iguais também são o motor 1.5 flex de três cilindros e 136 cv, o câmbio automático de seis marchas e a central multimídia Sync 3 com tela tátil e "flutuante" de 6,5 polegadas, compatível com Android Auto e Apple CarPlay.

RANGER STORM

icon photo
Legenda: Conceito, Ranger Sport é baseada na versão Limited e traz sonorkel e pneus todo-terreno. Mas não é a aguardada Ranger Raptor
Crédito: Divulgação

Muitos esperavam que a Ford apresentasse no Salão a Ranger Raptor, versão "off-road" hardcore da picape inspirada na F-150 Raptor revelada há alguns meses na Tailândia. Não foi dessa vez. Para compensar, a Ford vai mostrar o conceito Ranger Storm, baseado na versão de topo Limited e que se diferencia pelo visual mais robusto, enquanto as suspensões e a mecânica permanecem inalteradas.

A carroceria traz pintura vermelha Toscana, mais escura, contrastando com a tampa traseira, parte da caçamba e para-choques na tonalidade preta fosca. O logotipo Storm que dá nome ao conceito é gravado na tampa traseira, na exclusiva grade dianteira e em aplique plástico na base das portas dianteiras.

icon photo
Legenda: Carroceria da Ranger Storm combina as cores vermelha com detalhes em preto fosco
Crédito: Divulgação

Faróis e lanternas traseiras têm máscara negra e a personalidade fora-de-estrada é evidenciada em detalhes como alargadores de para-lama, rack de teto com iluminação de LEDs, snorkel, capota marítima, para-choques off-road e ganchos para reboque. As rodas de liga leve pretas têm 17 polegadas e calçam pneus todo-terreno Pirelli MTR Scorpion 285/70. O motor é o conhecido 3.2 turbodiesel, com cinco cilindros e potência de 200 cv, gerenciados pela transmissão automática de seis marchas, com tração 4x4 e reduzida.

RANGER BLACK EDITION

icon photo
Legenda: Sabe a Chevrolet S10 Midnight? Conceito Ranger Black tem a mesma proposta: acabamento predominantemente preto
Crédito: Divulgação

O segundo conceito da Ranger que estará no Salão de São Paulo é o Black Edition, inspirado em modelo lançado originalmente na Ásia. Da mesma forma que a Chevrolet S10 Midnight, traz acabamento interno e externo predominantemente preto, o que inclui rodas, carroceria, retrovisores e os estribos laterais elétricos. Os faróis também têm máscara negra e a dianteira conta com alargadores de para-lama com piscas integrados.

icon photo
Legenda: No conceito Ranger Black, o logotipo tradicional da oval azul é substituído por outro, antigo
Crédito: Divulgação

Outro diferencial é o emblema antigo da Ford na dianteira e na tampa da caçamba, enquanto a grade dianteira é exclusiva e o para-choque frontal incorpora faróis de neblina do tipo canhão. As rodas são de 18 polegadas com pneus de uso misto e o conjunto mecânico é o mesmo da Ranger Storm. A lista de equipamentos inclui santantônio integrado à caçamba, como na Storm, bancos de couro, banco do motorista com ajustes elétricos, ar-condicionado digital de duas zonas, console com compartimento climatizado e central multimídia Sync 3 com tela sensível ao toque de oito polegadas.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors