JAC lança o carro elétrico mais barato do Brasil

Marca aposta em gama completa de produtos elétricos e faz estreia de 5 modelos, com preços que começam em R$ 119.900

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. JAC lança o carro elétrico mais barato do Brasil
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A JAC Motors do Brasil pode falar, ao menos durante os próximos meses, que é a "protagonista" do segmento de carros elétricos no Brasil. Isso porque a marca apresentou, nesta segunda-feira (16), cinco modelos totalmente elétricos (são 2 hatchbacks aventureiros, 1 SUV, 1 picape e 1 caminhão), sendo que o mais barato deles é, também, o novo carro elétrico mais barato do país.

Com o slogan "Enquanto algumas marcas têm um carro elétrico em sua linha... a JAC tem uma linha de carros elétricos para você", a marca diz querer "escrever um novo capítulo da história da mobilidade em nosso país". Para a JAC, portanto, o veículo elétrico é a solução definitiva para que melhorar a relação do ser humano com o meio ambiente.

OFERTAS WEBMOTORS

Mas por que cinco de uma vez?

De acordo com Sergio Habib, presidente do Grupo SHC e da JAC Motors do Brasil, a eletrificação dos automóveis não pode ficar circunscrita a iniciativas de marketing, que têm como objetivo aprimorar a imagem da marca ao torná-la amiga do meio ambiente. "Resolvemos assumir a vocação de buscar um mundo melhor e investimos seriamente em uma significativa evolução do nosso modelo de negócio. Por isso vamos lançar cinco modelos. Manteremos nossa linha tradicional, mas a família de elétricos assume o protagonismo na JAC. A ideia é chacoalhar o mercado e instantaneamente dar várias opções de compras em segmentos diversificados", explica o executivo. Ainda segundo Habib, a JAC iniciou seus estudos sobre carros elétricos em 2008 e já está na sétima geração de seus "iEV's" (que significa "Intelligent Electric Vehicle").

Veja quais são eles:

  • JAC iEV 20: R$ 119.900
  • Este é o novo carro elétrico mais barato do Brasil, a partir de agora - e até que alguma outra marca lance algum concorrente com preço inferior. Ele é um subcompacto baseado no antigo J2, mas com suspensão mais elevada e estepe pendurado na tampa do porta-malas para reforçar o aspecto de SUV (que é como a JAC o considera). Suas primeiras entregas, de acordo com a empresa, estão agendadas para janeiro de 2020 e sua autonomia total fica próxima dos 320 quilômetros. O motor rende potência e torque equivalentes a 68 cavalos e 21,9 kgf.m e consegue atingir somente 113 km/h.

    icon photo
    Legenda: iEV 40 é um T40 elétrico e custa R$ 153.500
    Crédito: Divulgação

    • JAC iEV 40: R$ 153.500
    • O segundo modelo da família é o iEV 40, praticamente um T40 elétrico. Este será o primeiro a chegar às ruas, já que as entregas estão programadas para o final deste mês. Com o mesmo porte do T40 - portanto, um hatch aventureiro com suspensão elevada, tal qual Argo Trekking, Ka Freestyle, Onix Activ e HB20X -, ele também é considerado um "SUV" para as definições da JAC e tem 300 quilômetros de autonomia. Potência e torque estimados do motor elétrico são de 115 cv e 27,6 kgf.m.

      • JAC iEV 60: R$ 198.900
      • O terceiro carro da linha é, de fato, o primeiro SUV oferecido pela JAC. Baseado na plataforma do T6 (que até o final deste ano deverá mudar de geração e de nome para T60, seguindo a nova nomenclatura da marca), ele se chama iEV 60 e começa a ser vendido somente em maio do ano que vem, com entregas previstas para julho do mesmo ano. De acordo com a fabricante, ele será o modelo elétrico "mais refinado tecnologicamente do mercado brasileiro". O motor, mais forte, promete uma autonomia de 380 quilômetros, mas potência e torque não foram revelados.

        icon photo
        Legenda: iEV 60 será baseado na nova geração do SUV T6, que passará a se chamar T60
        Crédito: Divulgação

        • JAC iEV 330P: R$ 229.900
        • O quarto integrante da família é a picape 330P, que vai custar praticamente R$ 230 mil e chegar em abril do ano que vem com autonomia estimada de 320 quilômetros. Segundo a JAC, esta é a primeira picape média elétrica do mundo.

          • JAC iEV 1200T: R$ 259.900
          • Por fim, o VUC (Veículo Urbano de Carga) 1200T completa a gama de elétricos da marca chinesa. Ele será lançado de forma oficial em dezembro deste ano e promete ser o primeiro caminhão totalmente elétrico produzido em série no Brasil. Segundo a JAC, ele terá capacidade para carregar até 6 toneladas e oferecer 200 quilômetros de autonomia total.

            icon photo
            Legenda: iEV 330P, segundo a JAC, é a primeira picape média elétrica do mundo
            Crédito: Divulgação

            Os motores

            De acordo com a empresa, todos os carros elétricos têm motores elétricos construídos nos mesmos moldes, porém em tamanhos distintos. Todos também são alimentados por baterias de íons de lítio e têm sistema de arrefecimento de líquido. Por dentro, os carros também oferecem o sistema "i-Pedal", um tipo de tecnologia que regenera a carga das baterias nas desacelerações - que pode ser intensificada pela função Eco presente no painel dos cinco modelos.

            Segundo a JAC, as desacelerações do "i-Pedal" são tão eficientes que as pastilhas de freios chegam a durar mais de 100 mil km pela economia de uso. O funcionamento é simples: tirar o pé do pedal do acelerador faz o carro reduzir gradualmente a velocidade sem que seja preciso usar o pedal de freio.

            Por dentro, mais tecnologia: os modelos elétricos da JAC também vêm com quadro de instrumentos com escala gráfica de consumo instantâneo; sistema de telemetria ativo com monitoramento à distância pela Central de Atendimento da JAC (que precisa de uma autorização do usuário, tal qual o sistema OnStar da Chevrolet); app exclusivo que permite ao dono do veículo controlar os vidros elétricos, travar as portas, ligar o ar-condicionado do lado de fora, verificar carga da bateria, autonomia e situação de recarga durante o carregamento, além do prórpio rastreamento.

            Como carregar

            Para oferecer a linha de elétricos no Brasil, a JAC disse que foi atrás de soluções abrangentes para auxiliar o consumidor nas tarefas de recarga. De acordo com a empresa, uma tomada de 220V aterrada convencional pode fazer a recarga completa dos veículos em até oito horas.

            Além disso, a marca homologou em parceria com a EDP Brasil, empresa global de energia, um equipamento que pode ser integrado à rede elétrica da residência ou garagem do usuário, chamado Wall Box, que pode recarregar os modelos em até 80% da carga em até quatro horas (partindo dos 15%). Este sistema, conectado diretamente em tomadas 220V, é opcional e custa R$ 3.990.

            Comentários

            Ofertas Relacionadas

            logo Webmotors