Jaguar F-Pace chega ao Brasil em julho

SUV terá três motorizações; preços partem dos R$ 300 mil
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Jaguar F-Pace chega ao Brasil em julho
Karina Simões
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

icon photo
Legenda: 940x576 B0283e62 A6b7 4e32 A113 9cdd3cfbc720 21

Apostas. Elas sempre vêm em decorrência de algum embasamento. Pode ser um mero feeling, algo subjetivo, ou números, claros e incontestáveis. A mais recente aposta da Jaguar foi feita no segmento de utilitários esportivos, cujo crescimento até 2020 pode chegar a 50%, segundo estudo da marca. O futuro objeto de desejo da família dos felinos já é realidade, tem nome e muita personalidade: F-Pace, o primeiro SUV da Jaguar. 

No Brasil, ele chega no final de julho, mas a partir deste mês, pode ser encomendado nas concessionárias brasileiras. O preço ainda não foi definido, todavia, a marca diz que parte da casa dos 300 mil. Isso, para ficar lado a lado com seu principal rival, o Porshe Macan - que parte de R$ 309 mil. Outro concorrente é o BMW X4

Ele será oferecido com diversos pacotes de equipamentos e três tipos de motorização, dois a gasolina e um a diesel. Embora não tenha sido confirmado ainda, esperamos que o modelo de entrada seja equipado com o 2.0 turbodiesel Ingenium, que gera 180 cv e xxx kgf.m de torque. Outras opções são os 3.0 V6 de 340 cv e 380 cv, que entregam torque máximo de x e y kgf.m, ambos já conhecidos do sedã XE e do esportivo de visual arrebatador F-Type. Todas as motorizações são acopladas a um câmbio ZF de 8 velocidades e possuem tração integral.

Em dimensões, o F-Pace fica ente o XE e o XF, sendo 3 cm maior que o baby SUV da Porsche, o Macan. O espaço é bom e o acabamento impecável, sem o luxo exacerbado inerente à um Jaguar, mas com a sobriedade que esperamos de um esportivo. 

IMAGE

A carroceria segue a cartilha do XE, 80% em alumínio - 30% reciclado -, para garantir mais leveza. As torres da suspensão dianteira com duplo braço triangular também são anguladas, como vemos nos carros de corrida, herdadas do F-Type. Não há opção pneumática, mas a a suspensão é adaptativa (ASR) e ajusta-se automaticamente ao terreno. Inteligente também é o sistema de tração, que dispensou o seletor que encontramos nos carros da Land Rover e faz todo o trabalho automaticamente.

Modos de direção, sistema de freios autônomos, central multimídia renovada e bem mais responsiva, câmeras laterais, entre outros muitos atributos, serão oferecidos com o F-Pace.

Uma edição limitada, batizada de First Edition, chegará ao Brasil também. Provavelmente a mais cara da gama, ela virá equipada com o V6 a gasolina de 380 cv, "rodonas" aro 22, teto solar e um pacote de equipamentos recheado. 

A rivalidade declarada ao Porsche Macan já o posiciona como um SUV esportivo, mas ele tambémpossui capacidades off-road. Não tão evidentes como seus irmãos da Land Rover, mas que o fazem enfrentar pisos escorregadios ou uma laminha que aparecer pelo caminho com tranquilidade. A altura com relação ao solo também é um ponto que contribui para as peripécias deste Jaguar fora do asfalto.

IMAGE

O fato é que a marca inglesa precisa rejuvenescer e vê no F-Pace essa chance. A ideia é baixar em 10 anos a idade de compradores de carros da Jaguar e atrair também mulheres. Se depender do design convidativo e do fôlego deste felino, ele pode levar o restante da gataria bem mais longe. 

À convite da montadora, a Webmotors foi até Montenegro, um país no sudeste europeu, para experimentar as três versões que serão vendidas no Brasil em algumas das estradas mais desafiadoras do mundo. Confira, na próxima terça-feira (10), o vídeo e a avaliação completa do F-Pace. Tome fôlego, pois o carro e as paisagens de Montenegro podem lhe causar falta de ar. 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors