Jaguar XKR-S: Marca mostra que não esqueceu como se faz superesportivo

A Jaguar pegou o seu V8 5,0L Supercharged e adicionou um pouco mais de “pimenta”. Ele agora desenvolve 550 cv e 69,3 kgfm de torque
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Jaguar XKR-S: Marca mostra que não esqueceu como se faz superesportivo
Auto Press
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A Jaguar já não é mais aquela. Embora a marca britânica continue a produzir seus tradicionais modelos altamente luxuosos e sóbrios, nos últimos tempos tem explicitado uma ligeira mudança de estratégia. E o XKR-S é resultado disso. Ele é o veículo em série mais potente e mais veloz de toda a história da Jaguar – sem contar o XJ220 da década de 90, que um modelo com produção limitada e feito artesanalmente. A versão superesportiva do cupê foi apresentada no Salão de Genebra, em março, e agora mostrou na prática a capacidade da fabricante em aliar velocidade e conforto em um mesmo carro.

Em um modelo voltado primariamente para o desempenho, é preciso dar grande importância para o motor. A Jaguar, então, pegou o seu V8 5.0 Supercharged e adicionou um pouco mais de “pimenta”. Ele agora desenvolve 550 cv e 69,3 kgfm de torque – disponível já a 2.500 rotações. Na prática, significa que o XKR-S alcança os 100 km/h em 4,2 segundos e tem como velocidade máxima a emblemática marca dos 300 km/h.

A fabricante britânica ainda garante que esse também é o seu modelo mais ágil, graças à estrutura em alumínio, que permite que o cupê seja leve e tenha excelente rigidez torcional. A suspensão também foi retrabalhada. A dianteira, do tipo triângulos sobrepostos, ganhou novo componentes em alumínio e molas mais rígidas, enquanto que a traseira – para onde a força do propulsor é jogada – ficou 32% mais dura. O software que comanda o controle de tração foi refeito para poder enviar o máximo de potência possível para as rodas. Para melhorar ainda mais a aderência, novas rodas de 20 polegadas foram usadas com pneus mais largos. De acordo com a Jaguar, mesmo com o acerto mais duro da suspensão, o conforto e o refinamento não foi prejudicado. A direção ficou mais direta e mais precisa.

Mas todo supercarro também precisa conquistar também pelo lado de fora. A Jaguar não chegou a mudar o belo visual que o cupê XK já ostentava, mas o deixou nitidamente mais “nervoso”. Na frente, o para-choque ficou bem mais pronunciado e ganhou novas entradas de ar. O perfil exibe o mesmo visual, com saias bojudas. Pela primeira vez o XK tem um aerofólio na traseira. Segundo a marca, todas essas mudanças foram feitas para melhorar a performance do carro. Graças a todos os novos equipamentos aerodinâmicos, o modelo tem um downforce 26% maior do que o XKR. “A física demandou que mudássemos o carro por fora para alcançar os 300 km/h. Se você não gosta do desenho desse carro, provavelmente também não vai gostar do jeito que ele anda”, provoca Iam Callum, diretor de design da Jaguar.

Primeiras impressões - Muitas emoções
por Luís Guilherme da Automotor/Portugal exclusivo para Auto Press

Faro/Portugal – É impossível não parar para olhar para este felino por vários ângulos antes mesmo de sentar no lugar do motorista. Ainda mais nesta exuberante cor azul chamada de French Racing Blue. O lugar escolhido para o test-drive foi um estrada sinuosa na serra e lá o Jaguar XKR-S mostrou a que veio. De cara, não são os 40 cv extras que o V8 oferece em relação ao XKR que impressionam. O que é realmente notável é o trabalho efetuado pelos engenheiros da marca na suspensão do cupê. Dá para afirmar que é um dos modelos mais eficazes e confortáveis que existem atualmente. Chama a atenção a maneira com que as irregularidades do piso são absorvidas sem que o comportamento nas curvas seja posto em xeque.

Em relação ao XKR, o XKR-S ganhou novos eixo dianteiro e amortecedores, molas mais firmes e redução da altura ao solo. O resultado é uma enorme precisão no controle dos movimentos do volante e muita adrenalina ao volante. O motor também passa ótima impressão. O torque máximo de 69,3 kgfm disponível desde as 2.500 rotações o torna um poço de força e com uma sonoridade viciante.

Com isso, o XKR-S voa como um foguete pela serra e o seu som não deixa ninguém desatento à sua passagem. O controle de estabilidade tem um modo intermediário, para quem quer se divertir, mas manter a parafernália eletrônica ligada, como proteção. Bem calibrado, o sistema cumpre bem o seu papel. Caso o motorista queira, ainda dá para desligar completamente o ESP, mas é bom não esquecer que existem 550 cv às ordens do pé direito.

Quando o carro sai de traseira, entra em ação o diferencial ativo que bloqueia o eixo traseiro e bota a tração apenas na roda em que estiver com mais aderência ao solo. Dessa maneira, o resultado é que o XKR-S permite derrapadas controladas, pronunciadas e que elevam a diversão na direção para um novo patamar.

É bom salientar que todas essas grandes emoções são vividas em um habitáculo requintado, mas muito esportivo, graças aos bancos de couro com efeitos de fibra de carbono e costuras salientes. Em uma frase, esse é um dos carros mais possantes e o mais marcantes que a Jaguar já fez na sua história.

Gosta de modelos da Jaguar?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para o modelo:

Jaguar XJS

Jaguar E-Type

Jaguar XK8

Jaguar X-Type

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors