Kwid chega à Europa para ser elétrico mais barato

Apesar de criação da Renault, o modelo será vendido como Dacia na Europa

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Kwid chega à Europa para ser elétrico mais barato
Renan Rodrigues
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O Renault Kwid já havia ganhado uma variante elétrica, agora o modelo foi apresentado ao público europeu. No entanto, ele será vendido no velho continente com o símbolo da Dacia e rebatizado para Spring. A ideia é que ele seja o veículo elétrico mais barato daquele continente.

Ele ainda não tem preço definido na Europa, mas sites especializados apontam algo na casa dos 10 mil euros (R$ 50 mil na cotação atual), Na China, onde já é vendido, ele custa o equivalente a US$ 9 mil (R$ 40.308 em conversão direta para a moeda brasileira, sem taxas ou impostos).

Atualmente, o Kwid elétrico é capaz de rodar até 270 km com uma única carga. A sua bateria pode ter 80% da capacidade recarregada em 50 minutos com uso do carregador rápido. Na rede 220V a recarga leva até quatro horas.

Nas lojas só no próximo ano

No caso do Spring, a Dacia não confirmou os detalhes técnicos, mas garantiu capacidade para levar quatro pessoas e autonomia superior a 200 km. Este seria mais um lançamento previsto para o Salão de Genebra, que foi cancelado pelo surto de coronavírus. Apesar da apresentação, as vendas só devem começar no próximo ano.

 Autonomia será de ao menos 200 km
Legenda: Autonomia será de ao menos 200 km
Crédito: Divulgação
Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors