Lançamento mundial da minivan que a Citroën fabricará no Brasil foi em Málaga

Picasso é apresentada na Espanha
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Lançamento mundial da minivan que a Citroën fabricará no Brasil foi em Málaga
Aparício Noscuro
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A Picasso, minivan que a Citroën pretende produzir no Brasil no ano que vem, em Porto Real, no Rio de Janeiro, foi oficialmente apresentada ao mundo no último fim de semana em Málaga.

Foi nessa cidade espanhola que nasceu Pablo Picasso, que dá nome à minivan.

Sua maior concorrente no Brasil, e a única até agora, é a Scénic, da Renault, que até a chegada da Picasso já deverá exibir no Brasil a reformulação estética que sofreu na Europa.

Com 4,28 metros e capacidade para cinco pessoas, ela tem um porta-malas capaz de acomodar 550 litros de bagagem, o que fará dela o veículo com o maior porta-malas do Brasil.

Todos os espaços da Picasso são aproveitados. Ela tem porta-luvas de 15 litros de capacidade e dois lugares no assoalho que comportam 9 litros e uma espécie de gaveta sob o banco do passageiro, recurso semelhante ao utilizado no Peugeot 206.

Internamente, a Picasso traz elementos que lembram a Citroën Evasion, van da marca que leva sete passageiros. Entre esses detalhes, pode-se citar o piso plano, a alavanca de câmbio no painel central, o banco traseiro central, que se transforma em uma mesa, além de porta-copos e garrafas nas portas.

A parte mecânica da minivan é igual à que equipa o Xsara, carro que empresta sua plataforma à Picasso, o que sinaliza a possibilidade de que também esse carro seja feito no Brasil. Ela recebeu motor 1.8 16V, o mesmo que equipa os Xsara mais baratos.

Com o peso a mais que porta, isso pode ser um erro no Brasil. O motor 1.8 16V tem seu torque máximo de 16,6 kgm aparecendo a 4.000 giros. Nas planas estradas européias, isso não é um defeito, mas qualquer subida mais severa no Brasil pode fazê-la parecer um 1.0 gigante. A versão brasileira deve trazer também a opção do motor 2.0, o mesmo que equipa a Evasion e os Xsara mais potentes. Sua velocidade máxima, com gasolina européia e estradas boas, é de 187 km/h.

Como na Scénic, a posição de dirigir é elevada, um dos fatores de atração principalmente do público feminino.
O interior da minivan surpreende pelo bom posicionamento dos comandos e pelo painel de instrumentos, digital, localizado entre os dois bancos dianteiros. Além da inovação e da beleza do conjunto, isso facilita nas exportações para países com mão inglesa.

Para ser competitiva no Brasil, ela precisará custar mais ou menos o mesmo que a Scénic, ou seja, cerca de R$ 30.000, em sua versão básica.

Tem dúvidas, críticas ou sugestões? Entre em contato pelo endereço eletrônico abaixo.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors