Mitsubishi Outlander Sport chega por R$ 119.990

SUV da marca japonesa baseado no ASX passa por reestilização visual e ganha nova nomenclatura em versões mais caras

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Mitsubishi Outlander Sport chega por R$ 119.990
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Mitsubishi amplia sua gama de automóveis no Brasil. A empresa apresenta o Outlander Sport, um SUV compacto feito sobre a base do conhecido ASX, mas com desenho diferente (especialmente na dianteira) e posicionado como versão topo de linha do consagrado utilitário fabricado no país.

De modo prático, o Outlander Sport é um ASX reestilizado com mais equipamentos e mais caro. Ele também será produzido na fábrica da marca em Catalão (GO) e vai utilizar o mesmo motor 2.0 flex de quatro cilindros que rende até 170 cv e 23 kgf.m de torque com etanol, comandado por uma caixa de câmbio do tipo CVT. O sistema de tração pode ser 4x2 ou até mesmo 4x4.

A partir de agora, serão três versões de acabamento para o Outlander Sport e apenas uma para o ASX, que mantém o nome antigo, mas passa a figurar como modelo de entrada do SUV compacto. Vamos aos preços:

Preços da linha ASX/Outlander Sport 2021

ASX 2.0 CVT GLS 4x2
R$ 112.990
Outlander Sport 2.0 CVT GLS 4x2
R$ 119.990
Outlander Sport 2.0 CVT HPE 4x2
R$ 132.990
Outlander Sport 2.0 CVT HPE 4x4
R$ 138.990

A Mitsubishi diz que o Outlander Sport é considerado um novo SUV, apesar de ser construído sobre a mesma base e ter conjunto mecânico igual ao do ASX. No documento do carro, inclusive, terá classificação própria com o novo nome, sem vínculo com o carro que lhe dá origem.

Outlander Sport: como ele é

Visualmente, o Outlander Sport traz a linha de design mais moderna que existe em modelos da marca, também vista no Eclipse Cross e no Pajero Sport, chamada de Advanced Dynamic Shield - que pode ser destacada pelo desenho frontal agressivo e cheio de cromados. Esteticamente, faróis e lanternas ainda são full-LED e as rodas, diamantadas, têm 18 polegadas.

 

Em termos de conectividade, o SUV vem equipado de série com sistema de entretenimento de última geração da JBL - compatível com as interfaces da Apple (CarPlay) e do Google (Android Auto) - com tela de sete polegadas nas versões de entrada GLS e HPE 4x2 e de nove polegadas, na HPE 4x4.

Nas configurações HPE a chave presencial é equipamento de série, assim como os bancos de couro, sistema de aquecimento dos assentos dianteiros, ajustes elétricos do banco do motorista, sensores de chuva e crepuscular, sete airbags, luzes de seta integradas e retrovisores com rebatimento elétrico. Nessas versões, o sistema da JBL traz ainda comando de voz e GPS.

Em relação à segurança, o Outlander Sport usa desde a versão de entrada direção elétrica e vem de série com ar-condicionado automático, controles eletrônicos de estabilidade e tração, freios a disco nas quatro rodas, assistente de partida em rampas, Isofix, ajuste de altura do facho dos faróis, vidros e travas elétricos, sistema de monitoramento da pressão dos pneus e câmera de ré.

Mitsubishi Outlander Sport 2021
icon photo
Legenda: Mitsubishi Outlander Sport 2021: remodelação visual do modelo que é feito sobre a base do ASX
Crédito: Leo Sposito/Divulgação

Motor e câmbio

Como dissemos, o Outlander Sport utiliza o mesmo conjunto mecânico do ASX, que une motor 2.0 flex de quatro cilindros que rende até 170 cv e 23 kgf.m de torque com etanol (são 160 cv e 22 kgf.m com gasolina) a uma caixa automática do tipo CVT (relação continuamente variável).

Feito com bloco de alumínio, esse propulsor ainda é dotado de duplo comando de válvulas variável na admissão e no escape. De acordo com a Mitsubishi, seu foco é na eficiência e no conforto, mas para quem quiser e gostar de uma tocada mais esportiva existe a opção Sport Mode, no painel, que faz o câmbio simular seis marchas - e as "trocas" podem ser feitas pelas aletas atrás do volante.

Os ângulos e dimensões são os mesmos do ASX: vão livre de 21,5 cm, 2,67 m de entre-eixos e espaço para cinco adultos. O porta-malas tem 469 litros de capacidade e as suspensões são independentes nos dois eixos, do tipo McPherson na dianteira e multibraço, na traseira.

A tração, por fim, é 4x2 no ASX, na versão GLS do Outlander Sport e até na primeira HPE. A opção 4x4 é limitada à configuração HPE topo de linha. Segundo a marca, o sistema de tração nas quatro rodas é automático, mas também oferece a opção Lock, que trava o conjunto para sempre jogar força em todas elas em determinadas situações no uso fora-de-estrada.

São oito opções de cores (azul perolizado, branco perolizado, cinza perolizado, preto perolizado, marrom, vermelho e dois tons de prata), três anos de garantia total e serviço de revisão com preços fixos, que oferece a possibilidade de participar do programa de recompra garantida da empresa.

Reveja nosso vídeo com o Eclipse Cross

Comentários