Na onda dos SUVs elétricos, Nissan lança o Ariya

Crossover com até 610 km de autonomia reforça estratégia de eletrificação da empresa e estreia nova logomarca

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Na onda dos SUVs elétricos, Nissan lança o Ariya
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Nada como pegar embalo no fato de ter o elétrico mais "popular" do planeta. Pois é, a Nissan lança o Ariya, seu primeiro SUV elétrico na esperança de repetir o sucesso do Leaf. O crossover chegará em 2021 com a promessa de autonomia bastante ampla e equipado com dispositivos de condução semi-autônoma e serviços de concierge. De quebra, traz a nova logomarca do fabricante.

O Nissan Ariya tem 4,59 m de comprimento, 1,85 m de largura, 1,65 m de altura e 2,77 m de entre-eixos - o porte é próximo ao de um Volkswagen Tiguan, por exemplo. Com versões com tração dianteira e integral, tem pesos que variam de 1.900 kg a 2.200 kg. A capacidade do porta-malas de 466 litros cai para 408 l quando com tração nas quatro rodas.

O que mais surpreende neste mais novo representante da categoria de SUVs elétricos é a autonomia estimada de até 610 km. Isso na versão com 4x2 e com a bateria maior, com capacidade de 87 kWh. Nesta configuração, o Ariya oferece potência de 242 cv e torque de 30,6 kgf.m. Na variante com bateria de 63 kWh, são 217 cv, o torque se mantém, enquanto a autonomia fica em 450 km.

Nissan Ariya 14
icon photo
Legenda: Primeiro SUV elétrico da Nissan também estreia o novo emblema da marca japonesa
Crédito: Divulgação

Nas derivações com tração integral, o SUV elétrico da Nissan usa o sistema e-4ORCE com dois motores elétricos. Aqui, os números variam entre 340 e 394 cv, e 57,1 e 61,2 kgf.m, conforme o tamanho da bateria, e os modelos têm capacidades de rodarem de 430 km a 580 km com uma única carga.

O Nissan Ariya vem com o sistema ProPILOT 2.0 com dispositivos de assistência ao motorista. Frenagem automática de emergência, alerta de colisão frontal, estacionamento automático e câmera 360 graus estão no pacote.

O SUV elétrico também será equipado com sistema de reconhecimento de voz para ajustar as configurações do veículo e oferecerá atualizações remotas por nuvem.

O crossover zero emissões da Nissan começará a ser vendido no Japão em meados de 2021, com preço em torno de 5 milhões de ienes (cerca de R$ 250 mil em conversão direta - julho de 2020). Ainda no ano que vem, o Ariya chega à Europa, América do Norte e China.

Além de ser o primeiro SUV elétrico da Nissan, o Ariya também estreia o novo símbolo do fabricante japonês. A logomarca foi reestilizada e está com traços e fontes mais finas.

Assista ao vídeo com o SUV elétrico Nissan Ariya

 

 

Comentários