Nissan lança linha 2013 do Frontier e mantém posto de mais potente da categoria

Picape média agora chega a 190 cv de potência – preço também subiu
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Nissan lança linha 2013 do Frontier e mantém posto de mais potente da categoria
Rodrigo Ribeiro
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

– Santana do Parnaíba - SP – Conforme antecipamos com exclusividade nacional, o novo Chevrolet S10 chega ao mercado como o mais potente da categoria, com um novo motor diesel de 180 cv confira a avaliação completa do carro aqui. Isto é, chegaria, pois a Nissan acabou com a festa da GM ao lançar a nova linha 2013 do Frontier, com um novo propulsor de 190 cv.

Aproveitando as mudanças nas regras de emissões para veículos diesel que começaram este ano, a marca atualizou as duas variantes do quatro cilindros de 2,5L do Frontier. As opções mais fracas pularam de 144 cv para 163 cv, enquanto a mais potente saltou de 172 cv para 190 cv. O torque cresceu na mesma medida, chegando a 41,09 kgfm no motor de 163 cv e 45,8 kgfm no topo de linha.

Com visual inalterado, o Frontier 2013 procura justificar o aumento de preço em média de R$ 6 mil com uma lista de equipamentos mais recheada. Agora todas as versões contam com ABS e airbag duplo de série. As seis opções de acabamento se diferenciam por itens estéticos e pela opção de câmbio automático e tração 4x4. Confira a tabela completa e as principais diferenças entre os modelos:

Tabela de preços
XE 4×2 manual – R$ 90.990 Airbag duplo, ar-condicionado, ABS, direção hidráulica, vidros e travas elétricas
XE 4×4 manual – R$ 98.990
SE Attack 4×2 manual – R$ 98.990 Faróis de neblina, retrovisores elétricos, alarme e rádio com MP3
SE Attack 4×4 manual — R$ 106.990
LE 4×4 manual – R$ 118.990 Piloto automático e controle de áudio no volante, regulagem de altura dos varóis, espelho retrovisor interno eletrocrômico
LE 4×4 automática – R$ 126.490
LE Attack 4×4 automática – R$ 128.990 Sistema de fixação de carga com ganchos móveis e bancos de couro

Uma sigla a mais
Durante o lançamento a Nissan disponibilizou apenas as versões de 190 cv, com transmissão manual e automática. O test-drive, realizado na grande São Paulo, contou com trechos fora-de-estrada, urbano e rodoviário, incluindo uma sinuosa serra. Em todos eles o WebMotors encontrou os mesmos atributos vistos na linha anterior, incluindo muita força a partir de 2.300 rpm e engates um pouco ásperos na versão manual.

O turbo-lag também se manteve e se mostrou mais grave na versão automática. Sem controle de tração disponível, o Frontier pode assustar os motoristas mais despreparados, pois o câmbio automático dificulta o controle da força despejada nas rodas. O resultado é uma saída de traseira potencialmente perigosa quando o câmbio reduz as marchas, principalmente em pisos escorregadios.

Infelizmente a falta da abreviação TC controle de tração, em inglês na lista de itens de série não será notada pela maioria dos consumidores que, segundo a Nissan, comprarão o Frontier devido ao seu apelo em relação à potência. Porém, perante uma concorrência cada vez mais moderna no visual e na mecânica, o Frontier precisará mais do que força bruta para chegar aos primeiros lugares de seu segmento.

Test-drive feito a convite da Nissan do Brasil
_________________

Gosta de picapes médias?

Então veja aqui em nossos estoques a melhor oferta para você:

Mitsubishi L200

Nissan Frontier

Toyota Hilux

Chevrolet S10

Ford Ranger

Volkswagen Amarok

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors