Nissan Magnite: surge um novo SUV com motor turbo

Ainda em formato de conceito, modelo inédito da marca japonesa será produzido na Índia e destinado a mercados emergentes

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Nissan Magnite: surge um novo SUV com motor turbo
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Mais um SUV na área! O Nissan Magnite (da combinação das palavras "Magnetic" e "Ignite", ou melhor, "magnético" e "aceso", na tradução literal) foi apresentado pela marca japonesa como um conceito, mas já sabemos que sua versão de produção será lançada até o final do ano com poucas mudanças em relação ao modelo nas imagens. As informações são do portal mexicano Autología.

De acordo com a publicação, o Magnite foi pensado para competir contra carros ainda menores que os tradicionais SUVs compactos (como Hyundai Creta, Honda HR-V, Jeep Renegade ou o próprio Nissan Kicks) por ter sido originalmente concebido como Datsun, submarca da Nissan.

Nissan Magnite: como se encaixaria no Brasil

Nesse caso, em nosso país, disputaria mercado com versões de entrada de Renault Duster e Ford EcoSport e até contra configurações mais caras dos chamados "aventureiros urbanos", como Honda WR-V, Hyundai HB20X e Fiat Argo Trekking, entre outros.

A declaração oficial da Nissan na Índia diz que o Magnite foi feito com a filosofia de ser "produzido na Índia para o mundo", de modo que a ideia de se tornar um carro global não pareça descartada, o que incluiria mercados emergentes como o brasileiro.

Nissan Magnite Traseira
icon photo
Legenda: Nissan Magnite parece grande, mas tem porte menor que o do Kicks
Crédito: Divulgação

Apesar de ter sido concebido como Datsun, foram necessárias aplicações de alguns recortes da Nissan, como faróis remanescentes dos Kicks, porém redesenhados. Mesmo assim, a grade octogonal e as luzes diurnas em forma de "L" são, definitivamente, mais Datsun que Nissan.

O interior ainda não foi revelado, mas a Nissan já confirmou que o Magnite terá tela sensível ao toque de 8 polegadas e câmeras panorâmicas - assim como o Kicks -, enquanto que nas versões mais caras ele poderá até oferecer controle de cruzeiro adaptativo.

O Nissan Magnite de produção deve ser revelado até o final desse ano e promete estrear no mercado indiano em 2021. Serão dois motores de três cilindros, ambos de 1,0 litro: o primeiro naturalmente aspirado, com 72 cv; e o segundo com turbocompressor, com 95 cv. Ambos poderão ser associados a caixas de câmbio manual ou automática, sendo esta última do tipo CVT, com 5 marchas simuladas.

Veja o vídeo oficial de apresentação do carro

Comentários