Novo BMW X6 estreia no Brasil em versão única

SUV-cupê da marca alemã chega maior, com motor biturbo de 340 cv e em versão única pelo preço de R$ 514.950

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Novo BMW X6 estreia no Brasil em versão única
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Na onda dos SUVs “acupezados”, a BMW faz o dever de casa e traz a nova geração do X6 para o Brasil. O modelo está maior e mais equipado. Porém, chega importado dos EUA em versão única xDrive40i M Sport por R$ 514.950.

Esta terceira geração do X6 foi revelada em julho de 2019. O desenho do utilitário ficou mais arrojado na frente, com faróis full-LED esticados e uma grade gigantesca com o duplo rim, molduras mais definidas e separada por luzes noturnas chamadas garbosamente de "Iconic Glow".

O para-choque frontal do novo BMW X6 recebe novas saídas de ar e luzes de neblina horizontais de LEDs. Na lateral, vincos discretos e linhas mais limpas que as da geração anterior Na traseira, as lanternas invadem a tampa do porta-malas.

Tomou fermento

Feito sobre a plataforma do X5, o novo BMW X6 X6 cresceu 2,6 cm no comprimento, com 4,93 m agora de um para-choque ao outro, e 4,2 cm no entre-eixos, que passa a totalizar 2,97 m. A largura é de 2 m (1,5 cm a mais). A altura foi reduzida, mas nada significativo: 1,69 m (menos 0,6 cm).

Bmw X6 de traseura em estúdio com lanternas ainda mais esticadas e invadindo a tampa do porta-malas
icon photo
Legenda: Lanternas do novo BMW X6 ficaram mais espichadas nesta terceira geração do utilitário-cupê
Crédito: Divulgação

O novo BMW X6 também ficou mais potente. O biturbo 3.0 com seis cilindros em linha gera 340 cv e mais de 46 kgf.m de torque entre 1.500 e 5.200 rpm. São 34 cv e quase 5 kgf.m a mais que a antiga geração. O câmbio é automático de oito marchas e a tração, integral. A BMW promete 0 a 100 km/h em 5,5 segundos e máxima de 250 km/h.

Tecla SAP

Entre os equipamentos, um sem número de dispositivos com nomes imponentes em inglês - e já presentes em outros modelos do fabricante alemão. Como o Intelligent Personal Assistant, que executa diferentes funções no veículo - ou mesmo explica o funcionamento de equipamentos - por comando de voz.

Por meio de inteligência artificial, o dispositivo é capaz de aprender os hábitos do motorista e adaptar suas funções. Desde a temperatura do ar-condicionado e tipo de música predileta, até o acionamento do aquecimento dos bancos.

Tem também o Driving Assistant Professional, que reúne itens de condução semi-autônoma: alerta e assistente de mudança de faixa, alerta de tráfego em cruzamento dianteiro e traseiro.

Bmw X6 de frente em estído com iluminação no chão e fundo azul
icon photo
Legenda: A grade do noo BMW X6 ficou ainda maior e agora é separada por um filete de iluminação noturna
Crédito: Divulgação

Inclui ainda o Reversing Assist, que memoriza e refaz os 50 últimos metros percorridos. Serve para executar a manobra de maneira segura quando for necessário sair de vagas ou estacionamentos apertados em marcha-a-ré.

Sistema de estacionamento semi-autônomo também faz parte do pacote de equipamentos. Por fim, destaques ainda para o Live Cockpit, o quadro de instrumentos configurável, e para a central multimídia com tela de 10,2”, conectividade wi-fi, carregamento sem fio e Apple CarPlay.

Foto mostra o painel do X6 de frente, com o quadro de instrumentos configurável e a tela de 12 polegadas da central multimídia
icon photo
Legenda: Destaques na cabine do SUV ficam para os instrumentos configuráveis e para a tela multimídia
Crédito: Divulgação
Comentários