Novo Peugeot 408 parte de R$ 75.990

Sedã refina transmissão, adota motor THP Flex e recheia lista de itens de série
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Novo Peugeot 408 parte de R$ 75.990
Marcelo Monegato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Preço competitivo, lista de equipamentos de série acima da concorrência e atualização no visual com leves evolução no conjunto mecânico. Este é o resumo do repaginado Peugeot 408, que chega às concessionárias nas versões Allure e Griffe, que partem de R$ 75.990 e R$ 86.990, respectivamente.

A principal novidade do sedã médio da marca francesa está na ‘cara’. A dianteira traz grade nova e mais vertical – agora também com o ‘Leão’ (símbolo da Peugeot) estampado nela -, faróis redesenhados (iguais aos do novo 308 nacional) e para-choque retrabalhado para abrigar luzes diurnas e bordas para os faróis de neblina. A lateral rejuvenesce com rodas de liga leve de 17 polegadas de desenho novo e a traseira se apoia em novo grafismo das lanternas, que mantém, no entanto, os três ‘arranhões’ que rementem às garras de um felino – marca característica da fabricante.

Por dentro, o 408 passou por um refinamento em busca de mais requinte. Um exemplo é as novas borrachas de revestimento das portas, que, de acordo com Sérgio Davico, gerente de produto da marca, melhora o isolamento acústico e amplia a sensação de isolamento do resto do mundo.

Revestidos em couro, os bancos ganharam novas espumas – mais macias no assento para um melhor conforto, e firmes nas aletas laterais do encosto para fixar mais o corpo do condutor. O volante tem revestimento em couro perfurado e o painel de instrumentos ganhou novo grafismo. Os cromados característicos da marca estão mais uma vez presentes de maneira equilibrada, agora em sinergia com acabamento em black piano, presente, por exemplo, no painel central.

E é neste painel central onde está a principal novidade em termos de equipamentos do modelo fabricado em Porto Real, no Rio de Janeiro. Agora, o Peugeot conta com nova central multimídia de 7 polegadas e sensível ao toque. Desde a versão inicial esta central conta com rádio AM/FM, MP3, conexão Bluetooth, entrada para USB/iPOD, audiostreaming, funções do computador de bordo e a nova função Mirroscreen, que reproduz a imagem da tela do celular compatível (IOS e Android) a partir de uma conexão via cabo.

Esta mesma central, mas na configuração top, oferece ainda câmera de ré (sensores de estacionamento também), navegação por GPS e função Jukebox com16 GB de memória interna.

Em todas as opções o 408 é equipado também com seis airbags (frontais, laterais e de cortina), controles de tração e estabilidade, freios ABS (antitravamento) com EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem), limitador e controlador de velocidade, direção eletro-hidráulica, travas e vidros elétricos, ar-condicionado de duas zonas, alarme e Isofix (sistema de fixação de cadeirinha) no banco traseiro. A mais, a Griffe entrega – além das funções da central multimídia já mencionadas – detalhes de acabamento pontuais e teto solar.

Em termos de cores, o sedã será oferecido em apenas cinco opções: Gris Grafito, Branco Banquise, Preto Perla Nera, Cinza Aluminium e Branco Nacré. A garantia é de três anos.

MECÂNICA

A diferença de preço entre as configurações não está apenas nestes pequenos detalhes de acabamento e funções da central. A principal parte do valor está no conjunto mecânico. Enquanto a Allure utiliza motor 2.0 16V bicombustível de 151 cv de potência e torque de 22 kgf.m, quanto abastecido com etanol, a versão Griffe é equipada com motor 1.6 16V THP (Turbo High Pressure) Flex – injeção direta de combustível – de 173 cv e 24 kgf.m.

Em ambos os casos a transmissão é automática de seis marchas, que, segundo Davico, teve as relações alongadas em 11%. O câmbio mantém a função Sport (S), que efetua as trocas em marchas mais elevadas, e agora conta também com tecla ECO, que melhora em até 7,5% a economia de combustível em relação à condução normal.

Outra melhoria, de acordo com o executivo da Peugeot, é no acerto da suspensão, que apresentou melhorias nas articulações e passou a adotar novos amortecedores. A intenção da marca foi ampliar o conforto, sem, no entanto, prejudicar a firmeza da carroceria nas frenagens bruscas, curvas acentuadas e o rodar em pisos irregulares. “Conseguimos um bom equilíbrio”, elogia.

Consulte preços de carros novos e usados na Tabela Fipe e WebMotors.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors