Novo UTV Can-Am dá pau em muito jipe 

Com apenas 600 kg, Maverick Trail tem tração integral, suspensões independentes e direção assistida

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Novo UTV Can-Am dá pau em muito jipe 
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Misto entre quadriciclo e carro off-road, o novo Can-Am Maverick Trail 2018 foi criado para ser um companheiro ideal para passeios em trilhas. Radical no estilo e amigável na condução, o UTV (Utility Terrain Vehicle) canadense chega ao Brasil equipado com motor V2 de 800 cc e 51,7 cv de potência máxima.

icon photo
Legenda: Can-Am Maverick Trail
Crédito: Can-Am Maverick Trail



O “jipinho” ainda traz várias tecnologias vinda dos automóveis: direção assistida, transmissão CVT, tração 4x2 e 4x4, dois modos de pilotagem – Eco e Sport, além da iluminação de LED. O novo brinquedo da Can-Am custa R$ 53.990. 


icon photo
Legenda: Can-Am Maverick Trail
Crédito: Can-Am Maverick Trail



“Preço competitivo, baixo custo de manutenção e alto nível de confiabilidade são os principais atrativos do Maverick Trail se comparado a outros veículos usados nas trilhas. Este UTV é pura diversão”, explica Henrique Rosa, gerente de marketing da BRP para a América Latina. 


icon photo
Legenda: Can-Am Maverick Trail
Crédito: Can-Am Maverick Trail



Conhecendo o veículo


Como é pilotar um UTV? Não há portas na versão básica, apenas uma tela de proteção, mas é possível instalar porta rígida e teto – já que no total a marca oferece mais de 100 acessórios para o carrinho. Para acessar o cockpit basta desconectar o engate da tela. O piloto, equipado com capacete e luvas, vai sentado em um banco concha, como nos carros de competição. Antes de colocar o Maverick Trail em movimento é preciso afivelar o cinto de segurança de três pontas. Mesmo assim, vale ressaltar que os UTV não podem rodar em vias públicas, apenas em trilhas ou estradas particulares.


icon photo
Legenda: Can-Am Maverick Trail
Crédito: Can-Am Maverick Trail



O test-ride, realizado em Campo Alegre (SC), ofereceu todo tipo terreno e obstáculo: lama, pedras, travessia de ponte e rio, além de trechos com mata fechada, subidas acentuadas, descidas íngremes e trechos de alta. Cenário ideal para avaliar as capacidades do UTV recreativo.


icon photo
Legenda: Can-Am Maverick Trail
Crédito: Can-Am Maverick Trail



O Maverick Trail é fácil de pilotar. As respostas são rápidas, já que a direção é assistida e a transmissão, do tipo CVT. Destaque para a ergonomia e o conforto, já que comandos são de fácil acesso e o banco “abraça” o piloto. 


icon photo
Legenda: Can-Am Maverick Trail
Crédito: Can-Am Maverick Trail



Comparado a um carro, o UTV tem medidas enxutas: são 3,0 metros de comprimento, 1,27 m de largura e 603,7 kg (a seco). As dimensões ajudam o novo UTV da Can-Am a encarar trilhas estreitas e circuitos mais travados, onde veículos mais largos não conseguem rodar. A altura livre do solo – de 254 mm – também facilita seu deslocamento em terrenos acidentados.


Nos trechos com valas, cavas e facões, o carrinho foi corajoso, superando obstáculos sem muito esforço com o câmbio na posição Low, tração 4x4 e diferencial autoblocante acionado. Os robustos pneus off-road, calçados em rodas de 12 polegadas, mantêm a aderência mesmo na lama. 


Motor V2 de 51 cv


O motor de dois cilindros cresce de giro bem rápido. O propulsor de 799,9 cc, fabricado pela Rotax, oferece 51,7 cv de potência máxima e conta com refrigeração líquida. Com baixa vibração, o propulsor responde bem em baixos e médios regimes de rotação, sempre usando o torque como aliado. Em campo aberto, com pé embaixo, o giro do motor sobe rapidamente para 6.500 rpm e deslocamento a 50 km/h, com possibilidade de uma maior velocidade. Mas, neste caso, correr é o que menos importa. Neste cenário usamos o câmbio na posição High e apenas tração traseira, já que o piso era plano e seco. Com esta configuração a diversão é ainda maior. 

icon photo
Legenda: Can-Am Maverick Trail
Crédito: Can-Am Maverick Trail



Para garantir a autonomia do tanque de 38 litros em aventuras mais longas, é possível alterar o mapeamento do Maverick Trail. Para não ficar no meio da trilha, basta usar a posição “Eco”, que consome menos. Em trilhas mais curtas, mantenha na posição “Sport”, enfie o pé no acelerador e curta o bom desempenho do UTV.

icon photo
Legenda: Can-Am Maverick Trail
Crédito: Can-Am Maverick Trail



Construção robusta


Mais confortável que muita picape, o conjunto de suspensão independente do Maverick Trail conta com braços em duplo A e 254 mm de curso na dianteira. Já na traseira, a suspensão oferece 267 mm de curso. Ambas com barras estabilizadoras e amortecedores a gás. Você sofrerá mais dentro de uma picape rodando pelo asfalto irregular da cidade de São Paulo do que no jipinho da Can-Am. O UTV “pula” menos que uma caminhonete, mesmo rodando na trilha. Ou seja, o conjunto absorve bem as irregularidades do piso. 

icon photo
Legenda: Can-Am Maverick Trail
Crédito: Can-Am Maverick Trail



Para segurar os 603 kg (a seco) do Maverick o fabricante equipou cada roda com discos ventilados de 220 mm com pinças de pistão duplo e acionamento hidráulico. Na prática funciona de forma bastante precisa e eficiente, mesmo na terra. Outro ponto positivo é o sistema eletrônico de descida (freio motor), forte aliado em ladeiras mais íngremes e obstáculos maiores. 


Por trás do volante que, aliás, conta com ajuste na coluna de direção, fica um pequeno painel digital que traz múltiplas informações: velocímetro, tacômetro, hodômetro, relógio, marcador de combustível, posição da marcha, modos de pilotagem, cinto de segurança. Ao girar chave, recebemos uma mensagem de incentivo, que seguimos à risca: “boa trilha”! Foi o que fizemos.

Ficha Técnica

Can-Am Maverick Trail 2018

Motor Dois cilindros e refrigeração líquida

Capacidade cúbica 799,9 cm³

Potência máxima 51,7 cv 

Torque máximo Não declarado

Transmissão final CVT

Alimentação Injeção eletrônica

Partida Elétrica

Suspensão dianteira Braço em duplo A com barra estabilizadora, 254 mm de curso e amortecedores a gás

Suspensão traseira TTA-T com barra estabilizadora, 267 mm de curso e amortecedores a gás

Freio dianteiro/traseiro Discos simples ventilados de 220 mm com pinças hidráulicas de duplo pistão 

Pneus e rodas Carlisle ACT – aro 12 polegadas em alumínio

Comprimento 3.005 mm

Largura 1.270 mm

Altura 1.753 mm

Altura livre do solo 254 mm

Distância entre-eixos 2.301 mm

Peso a seco 603,7 kg

Tanque de combustível 38 litros

Cores Amarelo

Preço R$ 53.990

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors