O melhor do X-Treme Motorsports

Rodões, motores preparados, mulheres bonitas, competições esportivas e quebras de recordes, tudo num lugar só
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. O melhor do X-Treme Motorsports
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- São poucos os lugares onde se pode ver competições esportivas e demonstrações de habilidade, como o drift e o wheeling, rodas de mais de 20”, mulheres bonitas, carros preparados e personalidades, como Chip Foose e Mulher Samambaia. Esse lugar, até o domingo passado, dia 26 de novembro, foi o X-Treme Motorsports, evento que se notabilizou no passado por sempre trazer uma novidade.

Depois de colocar um Celta em um bungee jump, o chamado Car Bungee, e de levar à arena um Big Foot, o X-Treme também presenteou os visitantes do evento deste ano com demonstrações de wheeling acrobacias com motos e quadriciclos, drift modalidade de competição em que os carros saem de lado nas curvas e burn-out, ou zerinho, como é mais conhecido.

Nesta apresentação, a cargo da equipe Chicoloco, era interessante ver carros de tração traseira de fábrica, como o Chevette, dividirem espaço com duas gerações do Gol e uma Palio Weekend com tração igualmente traseira, queimando os pneus de trás a cada aparição na arena do evento, que aconteceu no Centro de Exposições Imigrantes.

Havia também carros que não tinham como se apresentar ao público, mas cuja visão já dava a idéia de que são grandes feras das pistas, como os dragsters. Dois deles eram bastante tradicionais, com as rodas traseiras enormes, a dianteira afilada e o motorzão à mostra, mas havia também os inovadores, como o que exibia a carroceria de uma picape Chevrolet norte-americana.

Mais chamativo que todos eles, até pelo tamanho, era o Big Foot, um veículo com quatro rodas esterçantes, carroceria de Chevrolet S10, cerca de 3 m de altura e um motor de “meros” 3.000 cv, necessários para empurrar os 4.800 kg do bicho. Tudo para bater o recorde sul-americano de salto, de 11 m de altura calculados do chão ao teto do Big Foot, o que foi conseguido ontem, apesar das chuvas fortes que atingiram São Paulo no final de semana.

O tamanho exagerado não se limitou ao Big Foot ou aos dragsters, mas se estendeu ao tamanho das rodas e pneus, cada vez maiores. Rodas de 22”, antes incomuns, hoje estão tão mais fáceis de ver que não se limitam a equipar utilitários, como o Hummer H3, mas também um Ferrari F355 e até um Audi A3 do modelo novo, que, com a alteração, ficou bem parecido com o Q7, guardadas as devidas proporções.

Já existe até aro 23” chegando, o que deve deixar os carros parecidos com os primeiros automóveis do mundo, que tinham rodas gigantescas, herdadas das carroças. Um jogo de rodas deste tipo custa facilmente mais de R$ 20 mil.

Além de rodas, os interessados em personalizar seus automóveis também gastam um bom dinheiro em equipamentos de som. Tem de todo tipo: desde os discretos, interessados em maior qualidade de reprodução, aos competidores de campeonato, que buscam a todo custo a maior quantidade de decibéis disponível, mesmo que isso sacrifique caçambas, porta-malas e até parte do interior do carro.

Os carros que ostentavam sonzeira, invariavelmente rebaixados, iam de um Celta com faróis de Audi A3 bastante modificado à Marea Weekend, passando por modelos que não era fácil identificar. Afinal de contas, esses carros não podem ostentar apenas um som de qualidade, mas também uma embalagem que agrade aos jurados nas competições de que participam.

Outro tipo de competição

Campeonatos de som e de drift são inacessíveis para a maioria das pessoas, mas houve pelo menos um, promovido no X-Treme, do qual até as crianças puderam participar. A Mattel montou um estande da Hot Wheel que exibia aos consumidores, grandes e pequenos, as diversas pistas e carrinhos que a marca fabrica. Num extremo do estande, duas pistas gigantes, uma azul e outra vermelha, serviam para que os visitantes apostassem corrida entre si, utilizando miniaturas da marca. Os vencedores ganhavam um brinde especial.

Brincadeiras à parte, a que mais deve ter agradado aos visitantes certamente foi a que os donos de alguns carros promoveram em seus automóveis, sempre com a intenção de torná-los únicos. Foi o caso de duas picapes Saveiro, uma laranja e a outra preto-fosco, tão alteradas que só podiam ser reconhecidas pelo emblema Volkswagen que ainda fazia parte de alguma parte de suas carrocerias.

Até veículos poderosos, como o Mitsubishi 3000 GT e um BMW Série 7 antigo sofreram modificações. O 3000 GT aparentava ter tido apenas mudanças de aparência, assim como o Série 7, com seu motor V12, que recebeu pintura saia-e-blusa, com enormes rodas cromadas, que o fariam chamar a atenção mesmo diante de carros mais novos e mais caros.

Presente em quase cada canto do evento, a Chevrolet resolveu honrar os fãs, que recorrem com freqüência a veículos da marca para personalização, e mostrou as possibilidades que o Corsa hatch e sedã e o Vectra apresentam neste campo.

No caso do Corsa, havia no evento um sedã, preparado pela Dimension Customs, que, além de já ter freqüentado outros salões e feiras, será um dos personagens principais de um episódio brasileiro de um programa do Discovery Channel, o Rides.

No estande da Chevrolet, a única empresa presente oficialmente ao evento, e aparentemente a única que tem uma política sistemática de estímulo à personalização, que ela inteligentemente explora em suas concessionárias, havia outro Corsa, mas o hatch, modificado de um modo que deve ter feito cada dono de Corsa presente ao X-Treme ter vontade de fazer o mesmo em seu veículo. E os que não são donos de Corsa a comprarem um para repetir a preparação.

No caso do Vectra, a versão Steel mostrava o que se pode fazer para transformar um sedã classudo em um carro de aparência bastante esportiva e, ainda assim, sofisticada. Já exibido em outros eventos, esse carro inspirou a criação do Prisma Steel, sedã pequeno recém chegado ao mercado que já demonstra vocação para ser alterado. Os dois são obra do preparador Batistinha, famoso no meio por suas criações competentes e, em breve, por também participar do Rides.

DERRAPAMOS: um BMW Série 7 foi erroneamente identificado como um Série 5 nesta reportagem. O texto foi devidamente corrigido


Gosta dos carros citados aqui?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

Chevrolet Chevette

Volkswagen Gol

Fiat Palio Weekend

Chevrolet S10

Chevrolet Prisma

Chevrolet Corsa

Chevrolet Celta

Hummer H3

Ferrari F355Audi A3

Fiat Marea Weekend

Volkswagen Saveiro

Mitsubishi 3000 GT

Leia também:

Chip Foose está entre nós

Brabus Rocket atinge 365,7 km/h


X-Treme Motorsports 2006

SEGREDO! - Audi TT RS

SEGREDO! - Nissan Skyline GT-R

________________________________

Receba as notícias mais quentes e boletins de manutenção de seu carro. Clique aqui e cadastre-se na Agenda do Carro!
________________________________
E-mail: Comente esta matéria

Envie essa matéria para uma amigoa

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors