OFICIAL - Bentley chega ao Brasil no último trimestre de 2009

WebMotors flagra Continental Flying Spur, de R$ 1,9 milhão, em testes de tropicalização
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. OFICIAL - Bentley chega ao Brasil no último trimestre de 2009
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Especulações sobre a vinda da Bentley ao Brasil andam acontecendo há um bom tempo, pelo menos desde o ano passado. Com a apresentação do Continental Supersports, primeiro veículo flex da tradicional marca britânica, os rumores só fizeram aumentar. Pois o WebMotors conseguiu a primeira confirmação oficial da vinda da marca ao país. Depois de anos de espera, ela chega ao Brasil no último trimestre de 2009.

Tudo começou quando vimos um Bentley Continental Flying Spur, sedã que terá no Brasil um preço estimado de R$ 1,9 milhão, rodando com placas verdes e um belo adesivo branco cada porta dianteira. Em letras pretas, ele dizia “Veículo em teste”, decerto uma precaução dos motoristas para não serem abordados por bandidos. Até fizemos fotos do carro, mas não podemos divulgá-las para não denunciar o local por onde o veículo transitava. Com as evidências na mão, entramos em contato com a Bentley, no Reino Unido, questionando quando seria divulgado oficialmente o nome do distribuidor no Brasil.

No ano passado, os empresários mais cotados para representar a marca por aqui eram Sérgio Habib, ex-presidente da Citroën e importador da Jaguar, Francisco Longo, que já era o representante oficial da Ferrari e, este ano, ganhou também a representação da Lamborghini, a família Senna, que teve fortes laços com a Volkswagen por conta do período em que representou a Audi no Brasil, e Natalino Bertin Junior, da Platinuss, atual representante oficial da Pagani Automobili na América do Sul. Bertin disputou com Longo a representação da Lamborghini e tinha interesse em trazer também os Bugatti ao Brasil. Como os Bugatti são vendidos em revendas da Bentley, a representação de uma marca está integralmente ligada à da outra.

A assessoria de imprensa da Bentley confirmou ao WebMotors que a marca britânica abrirá sua primeira revenda no quarto trimestre de 2009 no Brasil Q4 2009. “Isso é consistente tanto com nosso plano de expansão de mercado quanto com nossa estratégia de utilizar biocombustíveis”. A presença da marca no Brasil, portanto, também a auxiliará a se habituar ao nosso já conhecido etanol. Quanto ao representante oficial, a marca disse apenas que o divulgará em seu devido tempo, quando ele for definido. Segundo nossas fontes, a decisão já teria sido tomada, mas a identidade do representante ainda não é conhecida.

Modelos

A declaração oficial também nos dá outro modelo para esperar, além do Continental Flying Spur que flagramos: o Continental Supersports, que é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,9 s e de atingir a velocidade máxima de 329 km/h.

Mais leve 110 kg que o Bentley mais rápido até então, o o Continental GT Speed, o Supersports é também mais potente. Seu motor W12 de 6 litros pode gerar até 800 Nm de torque e 630 cv a 6.000 rpm com etanol.

Com apenas dois lugares, o supercupê, segundo a marca britânica, é capaz de gerar até 70% menos dióxido de carbono do poço às rodas, ou seja, da extração do combustível ao consumo. É a primeira medida do tipo a que temos acesso. No Brasil, não se fala dos benefícios ambientais que o etanol gera, apenas na economia financeira que ele pode proporcionar, especialmente nos locais mais próximos das áreas produtoras.

Além de bastante esportivo, o Supersports também continua luxuoso, como convém a qualquer veículo da marca. O revestimento interno do carro é todo em Alcântara, as rodas são de aro 20”, com pneus 275/35 ZR20, o câmbio automático ZF 6HP26 “QuickShift”, de seis velocidades, faz trocas em metade do tempo e pode reduzir duas marchas de uma vez e o carro tem tração nas quatro rodas, com a maior parte de sua força 60% voltada às rodas traseiras. A apresentação oficial do carro deve acontecer em Frankfurt.

No que se refere ao Flying Spur, o sedã de 2.440 kg tem 5,29 m de comprimento, 3,07 m de entreeixos, 1,98 m de largura e 1,48 m de altura. Com um motor W12 de 6 litros, ele tem 560 cv a 6.100 rpm e 650 Nm de 1.600 rpm a 6.100 rpm. Curva de torque? Nunca vimos uma que fosse tão reta quanto essa, o que indica acelerações vigorosas em praticamente qualquer rotação. A tração é integral permanente. O carro acelera de 0 a 100 km/h em 5,2 s e atinge a máxima de 312 km/h.

É possível que estes sejam apenas os dois primeiros modelos da marca no país. Como ela deve trabalhar com vendas sob encomenda, toda a linha deve estar disponível, inclusive o Bugatti Veyron para aqueles que quiserem o carro mais caro já fabricado na história.

Segundo nossas fontes, a inauguração da concessionária será em dezembro, no endereço mais tradicional do país para automóveis de luxo: a av. Europa, em São Paulo.
Se você, leitor, tiver mais detalhes sobre isso ou conseguir flagrar algum veículo diferente pelas ruas, não hesite em entrar em contato pelo e-mail editorial@webmotors.com.br e nos enviar as imagens, pelas quais não haverá nenhuma outra remuneração que não o gosto de dividir a novidade com os outros leitores. Não se esqueça de autorizar expressamente a publicação das fotos e também de nos contar a história do flagrante. A comunidade de leitores agradece!

Siga a gente no Twitter! Novidades, segredos e muito mais: www.twitter.com/WebMotors

Gosta de superesportivos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas:

Aston Martin

Porsche

Ferrari

Lamborghini

Leia também:

Nissan Sentra SE-R, estrela do Quatro Rodas Experience, pode vir ao país

SEGREDO - Revista Motor Trend confirma Chevrolet Viva nos EUA

SEGREDO - Honda City surge quase sem disfarces em São Paulo

SEGREDO - Chevrolet Aveo será o novo GM nacional, o Viva

SEGREDO - Fiat Linea deve ser vendido nos EUA como Dodge Neon

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors