Primeiras impressões: EcoSport 1.6 PowerShift

Confira o desempenho da maior novidade da linha 2016 do SUV compacto da Ford
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Primeiras impressões: EcoSport 1.6 PowerShift
Lukas Kenji
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


(Bento Gonçalves-RS) Encontrar algúem que tope pagar mais de R$ 70 mil em um carro sem transmissão automática é mais difícil do que achar um torcedor que saiba a escalação da atual seleção brasileira de futebol. Por isso, a Ford acertou no tom de seu contra-ataque mirando Honda HR-V e Jeep Renegade: agora disponibiliza o câmbio PowerShift em conjunto com o motor 1.6, em vez de deixá-lo exclusivo ao bloco 2.0. O desempenho deste novo casamento agradou à equipe da WebMotors.

A receita, aliás, não é nova. O motor TiVCT de 126/131 cv (na ordem gasolina e etanol) já é alocado ao câmbio automatizado de dupla embreagem e seis velocidades no New Fiesta. O bom acerto encontrado no hatch permanece no SUV. As retomadas são ágeis e o veículo não passa nenhum sufoco para superar terrenos íngrimes.

A transmissão atua bem também na hora de pisar fundo em ultrapassagens e não lhe faz almejar o motor 2.0 ainda mais quando a posição Sport do câmbio é acionada – ela sobe o giro do motor de 15,4/16,1 kgf.m de torque máximo que ganha a agressividade necessária nas manobras.

Também vale elogios ao modo de troca manual em relação ao seu gerenciamento. É possível reduzir à terceira marcha mesmo quando trafega-se na casa dos 100 km/h. Entretanto, continua incomodando o nada intuitivo joystick para as trocas. Se é pedir demais a implementação de aletas, uma outra solução junto à própria manopla de câmbio seria bem-vinda.

Embora a viagem seja confortável pelo câmbio PowerShift não dar margem a trancos graças ao sistema de embreagem com escalonagem pré-engatada, o nível de ruído em é pouco alto em velocidades acima dos 100 km/h.

Tais apontamentos não comprometem a desenvoltura do conjunto que tem como chamariz o oferecimento de uma transmissão sequencial na faixa dos R$ 70 mil, valor cuja concorrência trabalha com caixa manual.

Veja abaixo o preço da linha 2016 do Ford EcoSport. As versões com motor 1.6 e câmbio automatizado estão em negrito:

EcoSport 1.6 MT SE - R$ 65.900

EcoSport 1.6 AT SE Direct – R$ 69.690

EcoSport 1.6 AT SE – R$ 71.900

EcoSport 1.6 MT Freestyle – R$ 71.900

EcoSport 1.6 AT FreeStyle – R$ 76.900

EcoSport 1.6 AT FreeStyle Plus – R$ 80.300

EcoSport 2.0 AT FreeStyle 4WD – R$ 82.300

EcoSport 2.0 AT Titanium – R$ 85.900

O novo powertrain do EcoSport tem consume de 8,3 e 7,2 km/l na cidade, enquanto na estrada desenvolve 12,1 e 10,2 km/l com gasolina e etanol, respectivamente. A performance confere nota ‘A’ no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro.

 

Comentários