Primeiras impressões: Fiat Toro Endurance 2020

Picape custa a partir de R$ 92.990 em versão com motor 1.8 Flex e câmbio manual de cinco marchas

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Primeiras impressões: Fiat Toro Endurance 2020
Fabio Perrotta Junior
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Uma das principais novidades da Fiat Toro 2020 é a versão de entrada Endurance, focada no consumidor que deseja um carro mais em conta para trabalhar. Foi justamente esta versão que escolhemos para o concorrido teste drive da picape em Recife, Pernambuco. Apenas dois carros estavam disponíveis nessa configuração, ambos com motor 1.8 Flex e câmbio manual de cinco marchas.

OFERTAS WEBMOTRS

icon photo
Legenda: Fiat Toro ganhou nova versão de entrada
Crédito: Fábio Perrotta/WM1

Por fora, a versão Endurance também recebeu o overbumper (como a Fiat chama o quebra-mato embutido no para-choque dianteiro), que vem de série em todas as versões. É a maior diferença estética da picape. Além disso, a versão de entrada se destaca pelo santantonio na caçamba e o vidro traseiro traz barras de proteção, tudo isso para evitar danos quando se transporta cargas mais volumosas.

Dentro da cabine, a maior mudança também era a principal reclamação dos proprietários da Toro. A central multimídia deixou de ser aquela antiquada telinha de cinco polegadas e deu lugar a um novo sistema, de sete polegadas e consideravelmente mais moderno, inclusive com compatibilidade Android Auto e Apple Car Play e GPS integrado. Esse equipamento, porém, é um opcional na Endurance. Os acabamentos continuam bons, com materiais de qualidade honesta para o preço e utilização do carro. Os bancos são de tecido.

 Interior manteve a mesma qualidade de acabamento
Legenda: Interior manteve a mesma qualidade de acabamento
Crédito: Fábio Perrotta/WM1

Dinamicamente, nada mudou. O motor 1.8 Flex 139cv continua com respostas lentas e só acorda depois dos 4.500 rpm. Até esse regime de rotação, a Toro passa a sensação de um carro pesadão, como também acontece no Jeep Renegade, que usa o mesmo trem de força.

CATÁLOGO 0KM

icon photo
Legenda: Transmissão manual é de cinco marchas
Crédito: Fábio Perrotta/WM1

O câmbio manual de cinco marchas tem engates precisos, mas o curso da alavanca é mais longo que o necessário. Ponto positivo para o pedal da embreagem, tão macio quanto manteiga e que ajuda em trechos de engarrafamento. Vale destacar que a opção Endurance também ter câmbio automático de seis marchas no motor 1.8 Flex (R$ 98.990) e também com motor 2.0 turbodiesel de 170cv e câmbio automático de 9 marchas (R$ 129.990).

O ponto alto da Toro é o conforto a bordo. A construção monobloco, ao contrário do estilo chassis/cabine das picape grandes dão à picape Fiat uma rodagem mais suave. Os ocupantes sofrem menos em terrenos irregularidades e, dentro da cidade, a picape se comporta praticamente como um SUV.

icon photo
Legenda: Central multimídia é compatível com Android Auto e Apple carPlay
Crédito: Fábio Perrotta/WM1

Apesar do preço inicial de R$ 92.990, nossa versão Endurance tinha dois pacotes de opcionais (central multimídia de 7 polegadas, câmera de ré, rodas de 16 polegadas, faróis de neblina, iluminação na caçamba, entre outros) que elevam o preço para R$ 99.490.

Com o objetivo de ser uma picape de trabalho, a Toro Endurance tem tudo para ser uma ótima opção para quem busca uma picape com tamanho mais compacto, mas com boa capacidade de carga. O problema é o preço da versão a diesel. Custa R$ 129.990, R$ 7 mil a mais que a versão de entrada da Ford Ranger, que é mais espaçosa e também tem trem de força diesel.

VÍDEO RELACIONADO

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors