Range Rover Arden

Top da Land Rover tunada por alemães
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Range Rover Arden
Alexandre Ramos
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Apesar da preferência por carros ingleses, a Arden é uma empresa alemã que foi fundada em 1972 por Jochen Arden. Hoje é uma das principais preparadoras de Jaguar e Land Rover do mundo, com reconhecimento até mesmo dos fabricantes desses modelos. Todos os carros - um a um - são testados antes de serem entregues aos proprietários. E eles oferecem nada menos do que três anos de garantia para seus produtos, que atendem às mais rigorosas leis de emissões vigentes atualmente.

Para o IAA, o maior salão de automóveis do mundo, que é realizado em Frankfurt, na Alemanha de dois em dois anos – alternando-se com o Salão de Paris – a Arden apresentou o Range Sport AR5, tornando talvez a primeira empresa a fuçar nesse novo modelo da Land Rover. O motor original, um V8 de 4,4 litros, quatro válvulas por cilindro e 299 cv, foi devidamente "anabolizado". A cilindrada passou para 4.731 cc; a central eletrônica de controle da injeção e ignição foi retrabalhada. Novos comandos de válvulas, com maior cruzamento e levante mais agressivo, além de filtro de ar esportivo e coletor e sistema de escape de aço e com menor restrição, também foram adotados. Tudo isso fez com que a potência saltasse para 480 cv!

Dotado de câmbio de seis marchas automático com sistema de engate CommandShift, esse Range Sport vai de 0 a 100 km/h em apenas 5,9 segundos, atingindo os 260 km/h de velocidade máxima. Para completar o pacote de modificações o carro conta com kit aerodinâmico externo, grade de aço inox feita a mão, espelhos com piscas integrados, ponteiras de escape de aço e rodas Arden Sportline de três peças 10J x 22, calçadas com pneus 295/30 R22 Y. O preço deste brinquedo lá na Europa é de 101 mil euros, ou pouco mais de R$ 300 mil.

Mais Range Rover

A empresa tem ainda em seu catálogo duas versões de Range Rover “normal”, pois a Sport é menor e mais leve que a Range convencional: a AR3 a gasolina e AR4 a diesel. Como o caráter desse modelo é mais familiar, eles partiram para uma preparação mais “leve”. No caso do motor a gasolina, dos 286 cv originais estes Range ainda contavam com motor antigo, um V8 4.4 de origem BMW chegaram a 350 cv.
Vamos ver o que eles vão fazer com o novo motor Jaguar 4.4 Supercharger de 400 cv originais, que agora equipa a Range. Mas isso é uma outra história...

A versão a diesel, que originalmente é denominada TD6, tem motor de seis cilindros em linha, 3,0 litros e 177 cv originais, potência que passou para 220 cv. Mas com um torque de 47 kgfm a apenas 1.800 rpm, pode ter certeza que a retomada é um dos pontos fortes desse modelo. Ambas as versões estão equipadas com câmbio de cinco velocidades, automático.

Como não poderia deixar de ser, a decoração também teve destaque nesses Range. A parte externa recebeu grade de aço em duas partes, faróis auxiliares extras, espelhos com piscas integrados, partes do farol e lanternas traseiras pintadas na cor do carro, assim como as colunas A, B e C, maçanetas das portas e saídas de ar dos pára-lamas dianteiros, ponteiras de escape de aço, rodas Arden Sportline de três peças 10J x 22, com pneus 305/40 R22, entre outros mimos que são oferecidos de acordo com o gosto – e bolso – do consumidor, como o sistema de DVD integrado, com três telas e várias entradas auxiliares, para videogames e câmeras.

Na parte interna o acabamento do painel também é disponível em vários materiais. Desde madeiras de vários tipos até alumínio, e fibra de carbono, se desejado. As peças são colocadas no console central, laterais de portas, painel etc. E ainda existe o kit de pedaleiras e descansa-pé. Os preços são de 90 mil euros para a versão a gasolina cerca de R$ 270 mil e 63 mil euros R$ 190 mil para a versão a diesel, que por lá e mais barata, ao contrário do que acontece por aqui.
_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors