Salão de Detroit 2009: Veja as novidades do 3º dia

Híbridos, como o Honda Insight e o Toyota Prius, fazem suas primeiras aparições
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Salão de Detroit 2009: Veja as novidades do 3º dia
Fernando Calmon
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Detroit, EUA – Se existe a tradição de três dias reservados à imprensa no Salão de Detroit, isso pode acabar. Todas as apresentações podiam ter sido programadas apenas para domingo e segunda-feira e com muita folga de tempo. Como os shows desapareceram, as apresentações são rápidas e objetivas. Não há atividades de nenhuma das tradicionais marcas de veículos previstas para terça-feira.

Até a Honda, que fez aqui o lançamento mundial do novo híbrido Insight, limitou-se a distribuir o material informativo. Sem diretores para declarações ou entrevistas, como em outros anos. Hoje, circularam informações de que o Salão de Tóquio de 2009, realizado um mes após o Salão de Frankfurt sempre em anos ímpares – este ano de 17 a 27 de setembro, poderá ser cancelado. Os organizadores decidirão em breve.

Fora os espaços vazios, seria injusto afirmar que o Detroit 2009 frustrou expectativas. Há pelo menos 20 modelos lançados aqui mundialmente de grande interesse, incluindo carros conceituais que estão quase prontos para entrar em linha de produção. A discussão em torno do futuro da indústria se aprofundou.

A Toyota escolheu este salão para apresentação da ultima geração do Prius, o carro híbrido mais produzido ate hoje, superando a barreira de um milhão de unidades. Surgiu no Japão em 1997 e a partir de 2001, no mundo todo. O resultado de vendas está longe de brilhante, mesmo porque enfrentou altos e baixos nos EUA – seu maior mercado – em razão do sobe-e-desce do preço da gasolina. No momento, por exemplo, a gasolina barata daqui levou a um encalhe do Prius no começo de 2008 havia filas e ao adiamento da fábrica americana que estava 90% pronta, embora, para sorte da Toyota, ainda sem os equipamentos de produção instalados.

Há uma nítida evolução estilística, para melhor, no novo Prius. Apesar de o desenho característico do teto ter sido menos alterado para manter a identidade visual do modelo, suas linhas ficaram um pouco mais arredondadas e agradáveis. Classificado como automóvel médio para os parâmetros do mercado americano, o espaço interno foi aumentado, em especial, para as pernas no banco traseiro e porta-malas. Era motivo de queixa, anteriormente.

O coeficiente aerodinâmico Cx de apenas 0,25 demonstra a preocupação da Toyota em melhorar o desempenho e diminuir o consumo em estrada. O peso também diminui ao usar alumínio no capo e tampa traseira, além do conjunto motor e gerador 20% mais leve que o anterior. O motor não usa correias: até a bomba d’água é elétrica. A exemplo da Audi, um painel solar no teto ajuda a ventilar o interior, enquanto estiver estacionado, a fim de melhorar a eficiência do ar-condicionado.

Todos esses aperfeiçoamentos melhoram o consumo em quase 10%. O consumo médio indicado atinge 21 km/l de gasolina o fabricante não informou em cidade e estrada. Ao contrario dos carros convencionais, é pequena a diferença entre o uso urbano – quando o motor elétrico trabalha isolado do a combustão em baixas velocidades para economizar combustível – e rodoviário. As vendas começam no segundo trimestre, quando se anunciará o preço.

A Honda chegou antes aos EUA com o Insight híbrido do que o Prius. Em 1999 já estava disponível aqui, enquanto a Toyota se limitava a uma venda cautelosa no Japão, onde eventuais problemas são, digamos, naturalmente “compreeendidos”. O Insight, na realidade, nunca decolou, entre outros motivos por dispor apenas de dois lugares subcompacto para os americanos, espaço mínimo para bagagem e um estilo insosso. Tinha sido retirado de linha ha mais de um ano.

Agora, lição aprendida, se transformou em compacto no Brasil, seria médio-compacto como o Civic de quatro portas e cinco lugares. Terá também preço menor. A fábrica o indica como híbrido mais barato, mas não anunciou ainda quanto custará. A combinação do motor elétrico e a combustão gera 98 cv. O consumo de gasolina é menos atrativo do que o Prius: 17 km/l na cidade e 18 km/l na estrada.

A Honda desenvolveu um mostrador no quadro de instrumentos que ajuda o motorista a dirigir de forma econômica. Uma escala de barras coloridas formam o sistema EcoAssist, engenhoso e relativamente simples de interagir. A comercialização do novo Insight começará no Dia da Terra, em 22 de abril próximo, pelo simbolismo da data.

Siga a gente no Twitter! Novidades, segredos e muito mais: www.twitter.com/WebMotors

Gosta de hatches médios?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

Fiat Stilo

Peugeot 307

Peugeot 306

Volkswagen Golf

Renault Mégane

Chevrolet Astra

Ford Focus

Leia também:

Salão de Detroit 2009: Veja as novidades do 2º dia

Salão de Detroit 2009: Veja as novidades do 1º dia

BlueSport Concept: Volkswagen mostra conceito conversível de dois lugares

Novo Audi A7 aparece como conceito Sportback

Murciélago e Gallardo ganham toques exclusivos em Detroit

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors