SEGREDO - McLaren MP4-12C é flagrado em testes no frio

Superesportivo de entrada enfrentará o novo Ferrari 458 Italia de igual para igual
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. SEGREDO - McLaren MP4-12C é flagrado em testes no frio
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Ele já foi mostrado em data cabalística, 9-09-09, mas continua em desenvolvimento, como se pode notar pelas fotos que a Automedia fez no Círculo Polar Ártico. Apesar da pintura de guerra, com camuflagem pesada, o carro que se esconde já é velho conhecido do público. Trata-se do MP4-12C, o mais novo McLaren da praça.

O superesportivo “de entrada” chega em momento oportuno. A Ferrari mostrou o novo 458 Italia em Frankfurt. A Mercedes-Benz também exibiu em Frankfurt o sucessor espiritual do Asa-de-Gaivota, o SLS, mas nenhum destes esportivos deve chamar tanto a atenção quanto o MP4-12C.

Isso acontece por conta da referência a que um McLaren remete, o fantástico McLaren F1, mas não é para tanto. O MP4-12C mira exatamente no 458 Italia. Em outras palavras, a McLaren se encheu de bater a Ferrari só nas pistas e quer começar a enfrentá-la também em números de vendas.

O início dessa batalha será em 2011, quando o MP4-12C começa a ser vendido por valores entre 125 mil e 175 mil libras esterlinas, algo como R$ 375 mil e R$ 525 mil. O carro será vendido no mundo todo, segundo a empresa, o que já prenuncia que haverá algum distribuidor oficial McLaren no Brasil.

Antes de começar a falar dessa bela máquina, convém esclarecer o que esse nome significa. Todos os carros de corrida da McLaren são chamados de MP4 desde 1981, data em que a empresa de Ron Dennis, a Project 4, se uniu à McLaren, ou seja, em que a companhia mudou de nome para McLaren Project 4. O numeral 12 se refere a uma escala interna de desempenho da empresa tanto para seus carros como para os competidores. Pena a McLaren não detalhar se 12 é bom ou ruim, mas, se considerarmos que o F1 era “1”, 12 não há de ser tão bacana assim.

Faz sentido. Além do 12C, a McLaren pretende ter dois outros modelos em sua linha, um mais caro que o 12 C, para concorrer com Ferrari 599 GTB Fiorano, e um ainda mais caro que esse, para enfrentar o Bugatti Veyron e tentar succaption o F1. Difícil? Não se o pai do F1, o designer Gordon Murray, estiver envolvido no projeto. E ele está.

Por fim, o C se refere a carbono. O 12C é, segundo a McLaren, o primeiro carro de seu segmento a contar com um chassi monocoque de fibra de carbono moldado em uma peça só. Chamado de Carbon MonoCell, ele constitui a parte do habitáculo do veículo e pesa menos de 80 kg. A McLaren não fala em quanto o carro pesa, mas deve ser muito pouco, em comparação com os concorrentes.

Por outro lado, a empresa não se furta a falar nem do motor nem da transmissão, que seriam feitos sob medida para o carro. Em outras palavras, a McLaren não adaptou nenhum motor ou transmissão que já existissem para tornar os custos mais baixos.

O propulsor é chamado de M838T. Trata-se de um motor V8 com oito cilindros dispostos em “V”, entre si de 3,8 litros, turbos gêmeos e cerca de 600 cv e 600 Nm. A transmissão, seguindo a tendência entre os esportivos, é uma manual automatizada de dupla embreagem com sete velocidades chamada de Seamless Shift Gearbox SSG.

Em relação às suspensões, elas são independentes nas quatro rodas com braços triangulares sobrepostos e amortecedores hidráulicos interligados e reguláveis, o que permite que o carro tenha inclinação quase neutra nas curvas, dependendo do programa de suspensão escolhido a cada momento. O motorista tem três opções de regulagem do Active Dynamics Panel, que é como a McLaren chama o sistema: Normal, Sport e High Performance. Os nomes são autoexplicativos, apesar de estarem em inglês.

Dentro do propósito de manter o peso do carro baixo, a McLaren adotou um dispositivo eletrônico chamado de Brake Steer, ou curvas com freio, em uma tradução livre. Para que o carro faça uma curva mesmo que tenha entrado nela em velocidade mais alta do que a recomendável, ele freia as rodas de dentro, agindo como um diferencial de deslizamento limitado, mais pesado do que o sistema eletrônico.

As portas, em diedro, seguem o padrão do McLaren F1, para espaços de abertura total menores do que os de portas convencionais, enquanto as rodas são de aro 19” na dianteira e de aro 20” na traseira. A McLaren não informa quando o carro terá sua apresentação oficial ao público. Bem que ela poderia ser em Frankfurt, para podermos testemunhá-la, mas tudo indica que ela acabará acontecendo no Salão de Genebra do ano que vem, quando as especificações de tamanho e peso também devem ser divulgadas.

_________________

Twitter
_________________

Gosta de superesportivos e luxuosos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas:

Porsche

Maserati

Bentley

Bugatti

Aston Martin

Ferrari

Lamborghini

Leia mais:

SEGREDO - Nova geração do Audi A8 aparece dia 30 em Miami

SEGREDO - Nova geração do BMW Série 3 será lançada em 2012

SEGREDO - Ford Explorer terá carroceria monobloco

SEGREDO - BMW M5 está quase pronto para a briga

SEGREDO - Segunda geração do Mercedes-Benz CLS nasce em 2011

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors