SEGREDO! – Novo Corolla

Europa e China exibem futuro modelo brasileiro, que manteve quase as mesmas dimensões do atual
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. SEGREDO! – Novo Corolla
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Na China, ele foi mostrado no salão Auto China, em Beijing. Na Europa, estreará dia 30, no Salão de Helsinque, na Finlândia. Inspirado no carro mais vendido nos EUA há alguns anos, o Camry, o Corolla quer manter a posição de carro mais vendido do mundo copiando a receita bem sucedida no maior mercado do mundo.

Chamado pela empresa de um carro totalmente novo, o novo Corolla não cresceu em entreeixos, como a maioria de seus competidores fez. Ele continua com os mesmos 2,60 m e com quase o mesmo comprimento do modelo que substituirá. O novo tem 4,54 m, contra 4,53 do modelo brasileiro. A maior diferença, em termos de tamanho, ficou por conta da largura, que pulou de 1,71 m para 1,76 m.

Isso dá a entender que a plataforma continua a mesma, o que só será comprovado quando forem divulgadas as primeiras informações técnicas do modelo europeu. Para o Brasil, é interessante que a marca reveja a estratégia, já que todos os concorrentes do Corolla têm pelo menos 10 cm a mais de espaço para os passageiros entreeixos na casa dos 2,70 m, o que os coloca, tecnicamente falando, em uma categoria de mercado superior, a dos sedãs médio-grandes.

Com seus 2,60 m de entreeixos, o Corolla é um médio-pequeno, apesar de custar, quando foi lançado, o mesmo que seus concorrentes, quando não um pouco mais. E o mercado o absorveu como se ele fosse um modelo maior. Caso o Corolla novo seja realmente do mesmo tamanho, a exemplo dos modelos chinês e europeu, a Toyota terá de transformar seu programa de incentivo de vendas, com a distribuição de TV e de preços baixos, uma atividade permanente.

A traseira, assim como a dianteira, tem lanternas trapezoidais. Fica o reparo a respeito dos retrovisores do modelo japonês, que também foi recentemente alterado, mas cujo desenho é diferente do adotado no chinês e no europeu. No Japão, eles incorporam repetidores de direção, uma solução que pode ser adotada no Brasil para dar ao Corolla um ar mais sofisticado, a exemplo do que a Honda fez com o Fit e com o Civic.

Em termos de motorização, também não houve mudanças. O maior propulsor continua a ser o 1,8-litro de 136 cv, uma potência que já era bastante boa. O Civic, que teve sua cilindrada aumentada para 1,8-litro, tem 140 cv. Quem apresentou alguma melhoria foi o câmbio, que ganhou uma marcha a mais na versão manual no carro chinês. A caixa automática continua com quatro marchas.

Se isso se repetir na versão brasileira, o Corolla ficará como o Mégane, que tem câmbio manual de seis marchas e automático de quatro. Ficará a dever, de novo, ao Civic, que tem câmbio automático de cinco velocidades.

Gosta de sedãs?

Então veja as ofertas do segmento da moda no WebMotors:

Ford Fusion

Ford Focus Sedan

Chevrolet Vectra

Honda Civic

Renault Mégane Sedan

Renault Mégane Sedan

Renault Mégane Sedan

Renault Mégane Sedan

Volkswagen Bora

Leia também:

SEGREDO! - Novo Golf

Chinês made in Mercosul

Guia de compra – Toyota Corolla

Renault Mégane Sedan 2.0 16V

SEGREDO! - Audi A5
________________________________

Receba as notícias mais quentes e boletins de manutenção de seu carro. Clique aqui e cadastre-se na Agenda do Carro!
________________________________
E-mail: Comente esta matéria

Envie essa matéria para uma amigoa

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors