Toyota A-BAT, a picape conceito para Detroit

A japonesa Toyota vai mostrar nos Estados Unidos uma picape com “cara” e tamanho de automóvel
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Toyota A-BAT, a picape conceito para Detroit
Rodrigo Samy
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A Toyota mostrará no Salão Internacional de Detroit uma picape conceito chamada A-BAT. O grande diferencial do modelo é que, ao contrário da tendência mundial, onde os veículos são cada vez maiores, a Toyota buscou total versatilidade em um veículo utilitário de tamanho médio. Uma forma de fugir da tendência natural norte-americana, onde os modelos são grandalhões e bebem horrores.

Com entre eixos de 2,85 m e 4,60 m de comprimento, o carro-conceito tem dimensões semelhantes às de uma picape média, como Ford Ranger ou Chevrolet S10 cabine simples.

De acordo com Kevin Hunter, presidente do estúdio de design da Toyota, “esse é um modelo ‘verdadeiramente urbano’ pois preza pela mobilidade e robustez”.

Outra vantagem de estar desenvolvida em um “espaço reduzido” é a eficiência do funcionamento do sistema híbrido, com motor elétrico e outro a combustão de quatro cilindros e baixas emissões de poluente.

A idéia do A-BAT é essa: produzir um utilitário urbano com a praticidade de um automóvel. A versatilidade fica mais evidente quando os bancos traseiro, retráteis, se transformam em uma extensão da caçamba. Essa mesma “engenhoca” existe em um modelo da Chevrolet, a picape grande Avalanche. A GM chegou a cogitar a vinda do utilitário para o Brasil , mas o projeto ainda não se concretizou.

Para manusear a carga, assim como entrar no veículo, a Toyota utilizou portas “suicidas”. A parte traseira ficou visualmente parecida com a cabine estendida da Fiat Strada. Porém o grande diferencial é poder usar o espaço como um avanço da caçamba ou como um confortável banco para passageiros. Neste caso não existe nada de banco da sogra.

Para se tornar um “urbanóide” de marca maior a Toyota aplicou rodas de aro 19”, GPS, sensor de estacionamento, tomadas de corrente contínua, console que se transforma em mesa, bateria sobressalente, tomadas de 12V, laptop, internet por rádio e hard disk para ouvir música.

Como o tempo no trânsito pode ser longo, o teto-solar capta energia para recarregar o sistema de navegação e luzes do painel. Outra opção de economia.

Segundo Alan Schneider, chefe da equipe de design, "na hora de projetar este conceito embutimos a silhueta trapezoidal do Toyota Prius, com uma caçamba acoplada. Um novo conceito de picape".

Gosta de picapes médias?

Então veja aqui em nossos estoques a melhor oferta para você:

Ford Ranger

Mitsubishi L200

Nissan Frontier

Toyota Hilux

Chevrolet S10

Leia também:


Ford mira mais para baixo com Ranger Sport


Mitsubishi L200 Triton

Nissan X-Trail

Hummer H3 leva táticas militares para o trânsito

Honda CR-V x Toyota RAV4

Cadillac SRX, interpretação norte-americana do luxo

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors